Darwin e Ramos marcam, Vlachodimos brilha. Benfica regressa às vitórias em Arouca

Ouça o relato TSF. O Benfica vence Arouca e aproxima-se do topo da tabela. Veja os golos.

Darwin Nuñez e Gonçalo Ramos marcaram os golos, mas têm de dividir o destaque da partida com Vlachodimos. O Benfica venceu o Arouca por 2-0 com os golos dos avançados e o guarda-redes evitou arouquense o empate mais do que uma vez enquanto a diferença ainda estava na margem mínima.

Pelo meio, a equipa da casa ainda falhou uma grande penalidade e teve nos pés vários remates que das duas, uma: ou saiam muito perto do poste, ou esbarravam nas boas intervenções de Vlachodimos.

Com a vitória, os encarnados aproximam-se de Sporting e FC Porto no topo da tabela e esperam por possíveis resultados negativos dos rivais.

Início de jogo com pouca ação. Nos primeiros minutos da partida, o Benfica consegue instalar-se no meio-campo do Arouca, sem grandes oportunidades. No entanto, aos nove minutos, aparece a tal oportunidade. Bola nas costas da defesa arouquenses que sobra para Darwin. Já sem o guarda-redes no caminho, o uruguaio remata, mas a bola é cortada em cima da linha de golo.

Após a oportunidade de Darwin, o jogo volta ao mesmo ritmo. O Benfica tem mais bola e consegue trocá-la no meio-campo do Arouca, mas não cria lances de perigo. A equipa de Armando Evangelista, por sua vez, quando recupera a bola não consegue sair em contra-ataque.

À passagem a meia hora de jogo, o árbitro Nuno Almeida assinala grande penalidade por falta sobre Darwin Nuñez. O avançado uruguaio entra na área com a bola e já perto da linha de fundo é rasteirado por João Basso. Na marca de penálti, o mesmo Darwin inaugura o marcador. É o 15.º golo do avançado na I Liga.

Cerca de dez minutos depois, novo penálti na partida, desta vez para o Arouca. Bom passe para as costas da defesa do Benfica e Arsénio é travado em falta por Vlachodimos. Na conversão, João Basso remata rasteiro para o meio, mas o guarda-redes grego defende. Na recarga, Arsénio atira para fora.

Pouco depois surge o intervalo. Poucas oportunidades de golo na primeira parte, mas ambas as equipas chegaram com perigo à baliza adversária de grande penalidade. O Benfica converteu e o Arouca desperdiçou.

Ao intervalo, Nélson Veríssimo substitui Roman Yaremchuk por Everton. Armando Evangelista segue o mesmo caminho e troca Adílio e Leandro Silva por Pedro Moreira e Antony Alves logo aos 52 minutos.

No minuto 54, Everton fica muito perto do golo. Da direita para o meio, o brasileiro remate de longe a bola sai muito perto do poste da baliza de Victor Braga. O guarda-redes arouquense esteve em destaque logo a seguir. Erro de Abdoulaye na defesa, a bola fica em João Mário que solta para Rafa. O remate, sem oposição, esbarra numa boa defesa de Victor Braga.

Minuto 65 e nova sbstituição na equipa da casa: sai David Simão e entra Eugeni Valderrama. Veríssimo respondeu pouco depois com a saída de Rafa para entrar Diogo Gonçalves.

À entrada dos últimos 20 minutos do jogo, o Arouca está muito perto do golo. Ataque rápido da equipa da casa e Bukia remata de fora da área a rasar o poste da baliza de Vlachodimos.

Aos 76 minutos, entram Taarabt e Gonçalo Ramos para os lugares de Darwin e Paulo Bernardo.

Com o avançar do tempo, o Arouca parece acreditar mais no empate e o Benfica começa a cometer alguns erros e a abrir espaços. Exemplo disso foi o lance aos 80 minutos em que Antony se isola pela direita e remata para uma boa defesa de Vlachodimos.

Perto do fim da partida, Armando Evangelista lança um último trunfo: Pité entra e Arsénio sai.

Nos descontos, o Benfica mata a partida. Livre de Grimaldo na direita e, ao primeiro poste, Gonçalo Ramos aumenta a vantagem.

O jogo termina pouco depois. O Benfica vence por 2-0 em Arouca e aproxima-se, ainda que à condição, de Sporting e FC Porto. O Arouca mantém-se em zona de despromoção no final da 19.ª ronda.

Onze do Arouca: Victor Braga, Thales, Abdoulaye, Basso, Kouassi, Quaresma, Leandro, D. Simão, Arsénio, Bukia e Adilio

Onze do Benfica: Vlachodimos, Lázaro, Otamendi, Vertonghen, Grimaldo, Weigl, João Mário, Paulo Bernardo, Rafa, Yaremchuk e Darwin

Suplentes do Arouca: Zubas, Brunão, Altman, Pité, Or Dasa, Pedro Moreira, Eugeni, Antony e Tiago Esgaio

Suplentes do Benfica: Hélton Leite, Gilberto, Everton, Diogo Gonçalves, Pizzi, André Almeida, Taarabt, Gonçalo Ramos e Morato

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de