Ataque a Varandas e Silas: Sporting tem dois "estagiários" no comando

Em declarações à TSF, Pedro Madeira Rodrigues fala sobre o "estágio" que Jorge Silas e Frederico Varandas estão a fazer no clube.

O antigo candidato à presidência do Sporting, Pedro Madeira Rodrigues, não acredita que o presidente, Frederico Varandas, tenha condições para continuar a liderar o clube. Os leões podem ultrapassar, esta época, o recorde de anos sem vencer o campeonato nacional e precisam urgentemente de um treinador com créditos firmados.

"O Silas, tal como o Varandas, não pode estar a estagiar no Sporting", foram as palavras do ex-candidato. Acrescenta ainda que se não existirem mudanças, "o Sporting que conhecemos vai deixar de existir".

Pedro Madeira Rodrigues não se assume como candidato à presidência do clube nas próximas eleições mas deixa o aviso aos sócios para não caírem no mesmo erro. "Na última vez, 80% dos sportinguistas votaram em mentiras absolutas."

A falta de comunicação de Frederico Varandas é uma preocupação para os adeptos do clube e exigem-se soluções imediatas para terminar com este "ciclo vicioso" que faz lembrar os tempos de Godinho Lopes, alerta Madeira Rodrigues.

"Espero ouvir muito rapidamente o presidente sobre o que ele pensa fazer no futuro, porque como as coisas estão não podem continuar", acrescenta.

O antigo candidato às eleições leoninas avisa que o Sporting está a tornar-se num clube perdedor, onde os próprios jogadores admitem que o adversário é o favorito: "Já estou farto de desculpas, o Sporting tem de voltar a ser campeão, com gente com raça e personalidade."

A contestação à atual direção do Sporting é cada vez maior e também Pedro Madeira Rodrigues concorda com a antecipação das eleições para maio, pelo que "se não há condições, terminem agora este mandato".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de