Auriol Dongmo vice-campeã europeia com recorde nacional no lançamento do peso

A atleta portuguesa conseguiu alcançar os 19,82 metros.

A portuguesa Auriol Dongmo sagrou-se esta segunda-feira vice-campeã da Europa no lançamento do peso, fixando um novo recorde nacional em 19,82 metros, em Munique, dando a Portugal a segunda medalha no evento multidesportos na Alemanha.

Quarta classificada em Tóquio2020 e quinta há um mês nos mundiais, em Eugene, nos Estados Unidos, Dongmo, de 32 anos, fixou o novo recorde nacional ao ar livre, contudo insuficiente para bater a rival Jessica Schilder.

A lusa, campeã do mundo este ano e da Europa em 2021, ambos em pista coberta, começou com 19,29 ao primeiro arremesso, que lhe valia o segundo lugar, atrás da neerlandesa Jéssica Schilder, com 19,47.

Um resultado que, para atleta, soube a dor e satisfação. Apesar de estar feliz, Auriol Dongmo queria mais.

"É um sentimento com um pouco de satisfação e um pouco de dor porque obviamente que queria ganhar a medalha de ouro, mas não posso esquecer que tive uma lesão na sexta-feira que não foi fácil, não sabia se ia poder lançar. Vou sempre ficar agradecida ao Ricardo, que fez um excelente trabalho, e consegui lançar hoje sem dor. Esta medalha é muito importante para mim porque, mesmo com esta lesão, consegui ganhar esta medalha de prata", explicou Auriol.

A atleta dos Países Baixos, medalha de bronze nos mundiais deste ano, ao ar livre e em pista coberta, subiu a parada ao segundo ensaio, para os 20,24, com a resposta de Dongmo a atingir os 19,82, marca que não conseguiu voltar a superar. A final ficou resolvida ao segundo arremesso.

No terceiro lugar do pódio, ficou a também neerlandesa Jorinde van Klinken, com 18,94. A outra portuguesa em prova, Jéssica Inchude, terminou na nona posição, com 17,93 metros.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até 21 de agosto e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.

A seleção portuguesa tinha conquistado, até esta segunda-feira, uma medalha de ouro, através do ciclista Iúri Leitão, que se sagrou campeão europeu de scratch, no ciclismo de pista, pelo que agora já tem dois pódios.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de