Austrália não vai participar nos Jogos Olímpicos de Tóquio

O Comité Olímpico Internacional tem quatro semanas para indicar a realização - ou não - dos Jogos Olímpicos que estão agendados para Tóquio, no verão.

O Comité Olímpico Australiano (AOC) decidiu cancelar o envio de desportistas aos Jogos Olímpicos de Tóquio, caso se mantenham em 2020, indicando aos atletas nacionais que devem preparar-se para o verão de 2021.

O AOC após uma reunião do comité executivo, realizada através de teleconferência, decidiu fazer o mesmo que o Canadá, o primeiro país a renunciar oficialmente a participação nos Jogos Olímpicos por causa da pandemia de Covid-19.

O Comité Olímpico Internacional tem quatro semanas para indicar a realização - ou não - dos Jogos Olímpicos que estão agendados para Tóquio, no Verão.

"O Comité Olímpico Australiano defende que os nossos desportistas devem estabelecer como prioridade a sua própria saúde e permanecerem com as famílias", refere o comunicado do AOC.

O diretor executivo do AOC, Matt Carroll, acrescentou que há muitos desportistas australianos em preparação no estrangeiro, com restrições de viagem e em situações insustentáveis.

O responsável anunciou também que vai comunicar às respetivas federações nacionais a explicação da "nova circunstância", após o AOC ter decidido renunciar à participação nos Jogos de Tóquio.

Ian Chesterman, o chefe da missão de equipas australiano aos Jogos Olímpicos de Tóquio referiu que a preparação dos atletas nacionais "é magnífica" mas a pressão e a incerteza são demasiado fortes.

"O tempo vai permitir aos desportistas de todo o mundo uma preparação correta e com a esperança de que a crise da pandemia vai ser controlada", acrescentou Chesterman.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de