Em noite de Taça de Portugal, a estrela foi um espanhol

Dragões estreiam-se na Taça de Portugal com vitória por 6-0 sobre o Vila Real.

A festa da Taça de Portugal chegou esta sexta-feira a Trás-os-Montes e foi um espanhol que assumiu o papel de "festeiro". Adrián López marcou quatro dos seis golos portistas.

Não foi preciso esperar muito para ver o primeiro golo do jogo. André Pereira conquistou algum espaço à entrada da área e deu a bola a Óliver que descobriu Adrián López do lado esquerdo da grande área. O espanhol fez o primeiro remate do jogo e, em arco, fez o marcador mexer aos sete minutos.

O espanhol pareceu tomar-lhe o gosto e marcou o segundo seis minutos depois. O Vila Real não conseguiu cortar a bola de forma eficiente e Adrián, mesmo no coração da área, enviou a bola para o fundo da baliza aos 14 minutos.

Adrián López não quis deixar o jogo ir para o intervalo sem completar um hat-trick. Na conversão de um livre direto, a castigar a entrada de Raul Babo sobre Bazoer, que valeu expulsão ao jogador do Vila Real, o espanhol fez o terceiro da partida e da conta pessoal. Só neste jogo, marcou mais golos com a camisola do FC Porto do que nas quatro épocas que já completou como jogador dos dragões.

O regresso dos balneários não podia​​​​​​ ter sido mais intenso. Óliver Torres recebeu a bola no centro do terreno, deixou o seu marcador direto para trás e isolou Soares que, com um simples toque, desviou a bola para o fundo da baliza.

Aos 60 minutos foi André Pereira quem quis inscrever o nome na lista de marcadores. O ponta-de-lança desviou um cruzamento de João Pedro, após um grande trabalho do brasileiro na direita, e fez o quinto golo do jogo.

O sexto golo chegou seis minutos depois. Adrián López fez o sexto do jogo e completou o poker - quatro golos na conta pessoal.

Onze do FC Porto: Fabiano, João Pedro, Felipe, Militão, Jorge, Herrera, Bazoer, Óliver, Adrián, Soares e André Pereira

Onze do SC Vila Real: Murta, Solas, Edu, Raúl Babo, Zé Diogo, Mika, André Sampaio, Dioguinho, Zé Pedro, Rui Sampaio, Diogo Paixão

Suplentes do FC Porto: Vaná, Sérgio Oliveira, Corona, Marius, Alex Telles, Brahimi e Diogo Leite

Suplentes do SC Vila Real: Francisco Miranda, Gil Pinto, Tiago Mourão, Luisinho, Rodrigo, Zé Carvalho, Fábio Carvalho

Os anfitriões estão, neste momento, no segundo lugar da Divisão de Honra distrital da Associação de Futebol de Vila Real. Já os visitantes, FC Porto, são os campeões nacionais em título e ocupam, por estes dias, a terceira posição da Primeira Liga.

Este é o sétimo embate entre as duas equipas, sendo que a última vez que se encontraram foi em 1991/92, quando se encontraram na quarta eliminatória da Taça, jogo que os portistas venceram por 4-0.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados