Cinco em cinco. Benfica bate Belenenses SAD na Luz

Seferovic, aos seis minutos, e Darwin, aos 75', construíram a vitória encarnada.

O Benfica conquistou, esta segunda-feira, o quinto triunfo em cinco jogos no campeonato com uma vitória por 2-0 sobre a Belenenses SAD. Seferovic e Darwin marcaram os golos encarnados numa noite que teve ainda mais dois tentos: um para cada lado, ambos anulados por fora de jogo.

A equipa de Jorge Jesus soma agora 15 pontos, mais cinco do que FC Porto e Sporting, que joga esta quarta-feira com o Gil Vicente.

Foram precisos apenas seis minutos para o Benfica encontrar o caminho da baliza. Everton avança pela esquerda, deixa para Rafa e este para Grimaldo, que cruza ao segundo poste onde surge Seferovic a cabecear.

O suíço fez o quarto golo em cinco jogos nesta época pelo Benfica. Nem três minutos depois, Everton voltava a surgir pela esquerda mas desta vez foi o brasileiro quem fez o remate. André Moreira esticou-se todo e respondeu bem ao remate.

Os primeiro 20 minutos de jogo foram de controlo visível por parte do Benfica. Os encarnados pressionavam alto e obrigavam a equipa de Petit a fazer um jogo mais direto que acabava por morrer em Otamendi e Vertonghen. No Benfica, Darwin fazia hoje de Waldschmidt, ligando o meio-campo e o ataque, com Rafa e Everton a trocarem de corredor a meio da primeira parte.

Tiago Esgaio era quem mais sofria na equipa montada por Petit. Ora com Everton, ora com Rafa pela frente, o lateral português - irmão de Ricardo Esgaio, do SC Braga - tinha a difícil tarefa de equilibrar as correrias defensivas com algum apoio ao ataque, que estava entregue sobretudo a um solitário Cassierra.

A primeira grande oportunidade dos azuis surgiu aos 33' por Silvestre Varela que, após um cruzamento da esquerda, rematou de fora de área. A bola passou ao lado da baliza. No minuto seguinte, Miguel Cardoso tento o mesmo e criou bastante mais perigo.

Outro minuto e a Belenenses SAD marcou mesmo. Varela surge em velocidade pelo corredor central e, à saída de Vlachodimos, atirou para o fundo da baliza. Bandeira levantada por fora de jogo, golo anulado.

O intervalo chegou à Luz com o Benfica em vantagem mas a perder intensidade e a deixar que a Belenenses SAD começasse a acreditar num resultado melhor do que o 1-0.

O Benfica voltou a ameaçar o golo aos 51'. Gilberto tira Varela do caminho e cruza a partir da direita, com Everton a surgir no coração da grande área e a cabecear sem marcação ao lado da baliza. Aos57', Jesus tirou Taarabt e Seferovic para lançar Pizzi e Waldschmidt.

Foi o alemão quem entrou melhor na partida e, aos 62', desmarcou-se descaído para a esquerda. Entrou na grande área e rematou cruzado, mas ao lado. Na Beleneneses SAD entravam Edi Semedo e Bruno Ramires.

Um minuto depois, Waldschmidt volta a surgir sobre a esquerda e, de calcanhar, dá para Darwín, que lança a bola para o fundo da baliza. O golo é anulado por fora de jogo do jogador alemão do Benfica durante a construção do lance.

Mais dois minutos, mais uma oportunidade para Darwin. O uruguaio surge também sobre a esquerda e acaba por rematar contra o corpo de André Moreira.

Entre tanto pendor ofensivo, o azar bateu à porta do Benfica. Grimaldo entra de carrinho sobre Miguel Cardoso e acaba por sair lesionado do lance: entre esgares de dor e muitas dúvidas, o espanhol sai de maca e é substituído por Nuno Tavares. Na Belenenses SAD, entrou Afonso Sousa e saiu Tiago Esgaio.

Mas voltou o pendor ofensivo. Aos 74', Darwin dá por si com praticamente meio-campo só para si. Recebeu a bola de Waldschmidt, fintou André Moreira que já estava fora da grande área e rematou para a baliza deserta, fazendo o 2-0. Jesus lançou de seguida Samaris e Pedrinho na partida.

Na Belenenses SAD, Petit tentava reforçar o ataque com Robinho e Richard. O golo teve, no entanto, o condão de adormecer os azuis que, até ao final da partida, pouco conseguiram fazer para responder à gestão de bola encarnada.

Onze do Benfica: Vlachodimos, Gilberto, Otamendi (C), Vertonghen, Grimaldo, Weigl, Taarabt, Rafa, Everton, Seferovic e Darwin

Onze da Belenenses SAD: André Moreira, Tiago Esgaio, Henrique, Danny, Tomás Ribeiro, Rúben Lima, Miguel Cardoso, Taira, Cauê, Varela (C) e Cassierra

O jogo foi arbitrado por Rui Costa, assistido por Nuno Manso e João Bessa Silva. André Narciso esteve no VAR.

Suplentes do Benfica: Helton Leite, Waldschmidt, Diogo Gonçalves, Pizzi, Samaris, Jardel, Pedrinho, Nuno Tavares e Gonçalo Ramos.

Suplentes da Belenenses SAD: Kritciuk, Calila, Bruno Ramires, Edi Semedo, Robinho, Francisco Teixeira, Richard Rodrigues e Sousa

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de