Noite de sonho na Luz. Benfica goleia Braga com bis de Rafa e Everton

Águias golearam minhotos por 6-1 no jogo grande da 11.ª jornada da Liga. Veja os golos.

O Benfica goleou este domingo o Sporting de Braga por 6-1, no Estádio da Luz, no jogo que encerrou a 11.ª jornada da I Liga, mantendo assim o ponto de atraso para os dois comandantes, FC Porto e Sporting.

Logo ao terceiro minuto de jogo, Darwin surgiu na direita a cruzar e atirou em balão para o segundo poste, onde estava Grimaldo que, solto de marcação, atirou de cabeça para o primeiro da partida.

Em resposta ao golo madrugador do Benfica, o Braga recuperou a bola e colocou-a rapidamente em Ricardo Horta, que fugiu com espaço pela direita do ataque e, com um remate cruzado, empatou.

Ao minuto 37, Grimaldo, pela esquerda, rematou cruzado. A bola foi defendida por Matheus mas, na recarga, Darwin estava no sítio certo para marcar e não desperdiçou. As águias chegavam novamente à vantagem.

Ainda antes do intervalo, a três minutos dos 45', Rafa conduziu o contra-ataque, entregou a Everton e este devolveu ao camisola 27, que tirou Diogo Leite do caminho e rematou certeiro perante o guarda-redes Matheus.

Exatamente seis minutos depois do primeiro golo de Rafa, Everton lançou a corrida do jogador português, que ganhou ao seu opositor e, ao chegar à área, finalizou com qualidade. E não iria ficar por aqui. Aos 60 minutos, Darwin fugiu pela esquerda a passe de Grimaldo e cruzou para o segundo poste, onde Francisco Moura deixou a bola passar para Everton, que atirou certeiro e disparou o resultado para 6-1.

Com esta vitória, o Benfica reforça o terceiro lugar, com 28 pontos, ficando a um dos comandantes FC Porto e Sporting, e com mais oito do que o Estoril Praia, agora quarto, que detém mais um ponto do que o Sporting de Braga, quinto.

Logo aos 2 minutos de jogo, na sequência de um passe teleguiado de Darwin, Grimaldo inaugurou o marcador de cabeça! Melhor começo para o Benfica era impossível. Primeiro golo no primeiro ataque da partida.

Exatamente dez minutos depois do primeiro golo, Ricardo Horta empata, cirúrgico na desmarcação. Ainda se desconfiou que pudesse ter existido fora de jogo, mas o VAR analisou o lance e validou o tento. Está feita a resposta do Braga ao golo madrugador das águias.

Aos 23 minutos, sai João Mário, com problemas físicos, e entra Paulo Bernardo, que se estreia na Liga. Aos 27 minutos, cruzamento de Paulo Bernardo, a sair de entre dois adversários, mas depois o remate sai ao lado do alvo.

Uma grande defesa de Vlachodimos, aos 29 minutos, a impedir a cambalhota no marcador por parte do Braga. Aos 35 minutos, nova queda, agora no Braga. Castro queixa-se da cabeça, após choque com Morato.

Aos 37 minutos, Darwin empurra a bola para o fundo da baliza do Braga, após uma defesa incompleta de Matheus. Está reposta a vantagem do Benfica no marcador. É o oitavo golo do internacional uruguaio esta temporada.

Numa fulminante jogada de contra-ataque da equipa encarnada, aos 42 minutos, Rafa finaliza da melhor forma e faz o 3-1 para o Benfica.

Sete minutos depois, Rafa bisou. É o oitavo golo do jogador na temporada, igualando Darwin. O golo de Rafa está a ser analisado pelo VAR. Enquanto o árbitro analisa o lance, Artur Soares Dias pede uma maca para Sequeira, que está caído após um choque com Everton, no lance do 4-1. Francisco Moura entra para o lugar de Sequeira.

Intervalo no Estádio da Luz após uma primeira parte de muitos golos.

Recomeça o jogo. Nos primeiros 8 minutos deste segundo tempo, Rafa faz um bom passe para Everton que, com um grande golo, faz o quinto golo do Benfica na Luz.

Bernardo Silva, Ruben Silva e João Félix estão no Estádio da Luz a ver esta excelente exibição das águias. Aos 60 minutos, Everton dispara o resultado para 6-1. Darwin fugiu pela esquerda a passe de Grimaldo e cruzou para o segundo poste, onde Francisco Moura deixou a bola passar para Everton, que atirou certeiro e bisou.

Aos 65 minutos, Jorge Jesus faz uma tripla substituição no Benfica. Saem Gilberto, Everton e Darwin, entram Pizzi, Diogo Gonçalves e Gonçalo Ramos. Faltam 20 minutos para os 90', mas o jogo está mais do que resolvido. O Braga não perdia há dez jogos consecutivos.

Pizzi quis rematar de primeira, rodando na direção da baliza, aos 70 minutos, mas estava em posição de fora de jogo e a bola saiu muito ao lado. O Benfica tem poucos remates no jogo, tem conseguido aproveitar quase tudo.

Extraordinária intervenção de Matheus, aos 72 minutos, a evitar o sétimo golo do Benfica. Será, certamente, uma das defesas da jornada. A 15 minutos dos 90', o Benfica gere o jogo a seu bel-prazer, numa partida a ritmo de treino.

Aos 81 minutos, Pizzi trava Lucas Mineiro em zona frontal e vê o cartão amarelo. Dois minutos depois, Gonçalo Ramos também é punido com o amarelo por falta sobre Lucas Mineiro. Morato, aos 85', devia a bola para a trave da baliza de Matheus.

Terminou o jogo na Luz, com o Benfica a conseguir a maior goleada da época: 6-1.

Onze do Benfica: Vlachodimos; Lucas Veríssimo, Otamendi e Vertonghen; Gilberto, Weigl, João Mário e Grimaldo; Rafa, Everton e Darwin.

Onze do Braga: Matheus; Paulo Oliveira, Diogo Leite e Sequeira; Fabiano, Al Musrati, Castro e Galeno; Lucas Piazon, Abel Ruiz e Ricardo Horta.

Suplentes do Benfica: Helton Leite; Diogo Gonçalves, Morato, Meite, Pizzi, Paulo Bernardo, Seferovic, Yaremchuk e Gonçalo Ramos.

Suplentes do Braga: Tiago Sá; Yan Couto, Francisco Moura, Bruno Rodrigues, André Horta, Lucas Mineiro, Mario González, Iuri Medeiros e Vítor Oliveira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de