Hat trick de Gonçalo Ramos deixa Benfica com vantagem confortável para a viagem à Dinamarca

Enzo Fernández estrou-se a marcar pelo Benfica em jogos oficiais.

Se Gonçalo Ramos foi o homem do jogo, bem o pode agradecer a David Neres. O português marcou três golos e o brasileiro fez duas assistências na vitória do Benfica por 4-1 sobre o Midtjylland.

Enzo Fernández fez o outro golo da partida que deixa os encarnados com uma vantagem confortável para a segunda mão na Dinamarca.

Os primeiros minutos da partida fica marcada por muitas disputas de bola a meio-campo, com o Midtjylland a conseguir chegar mais à frente, mas sem perigo.

O primeiro sinal de magia dos encarnados surgiu dos pés de David Neres, com uma bela jogada individual a acabar em canto. Na sequência da bola parada, os dinamarqueses saíram em contra-ataque, mas Pione Sisto foi egoísta e acabou por rematar ao lado.

Pouco depois do quarto de hora de jogo, aparece de novo David Neres no jogo. O brasileiro volta a fazer uma boa jogada individual pela direita e cruz para a pequena área, onde aparece Gonçalo Ramos a desviar para o fundo da baliza.

A dupla entre Gonçalo Ramos e David Neres volta a fazer estragos aos 33 minutos. O brasileiro arranca pelo lado direito do ataque benfiquista e cruza de pé direito para a cabeça de Gonçalo Ramos voltar a introduzir a bola na baliza dinamarquesa.

Logo a seguir, Rafa isola-se, mas tenta assistir Gonçalo Ramos e a bola perde-se pela linha de fundo.

O terceiro golo na Luz surge aos 40 minutos. João Mário bate o canto para a entrada da área onde aparece Enzo Fernández a rematar de primeira para o fundo das redes.

A partida chega ao intervalo com 3-0 no resultado favorável ao Benfica.

Aos 57 minutos, Gonçalo Ramos está perto do hat trick. Servido por João Mário dentro da área, o avançado português puxa para o pé esquerdo e remata para a defesa de Olafsson.

Pouco depois, em contra-ataque, Rafa isola David Neres e o brasileiro remata à barra da baliza do Midtjylland.

Aos 61 minutos chega mesmo o terceiro golo na conta pessoal do avançado português. Gilberto lança para Enzo que cruza para Gonçalo Ramos e, à meia volta, remata por entre as pernas do guarda-redes do Midtjylland.

Já dentro do último quarto de hora da partida, Morato comete falta dentro da área. Na conversão da grande penalidade, Pione Sisto remata à Panenka e reduz a desvantagem.

A partida terminou mesmo com 4-1 no marcador, resultado que dá algum conforto ao Benfica para a segunda mão na Dinamarca.

Caso afaste os dinamarqueses, o Benfica defrontará os ucranianos do Dinamo Kiev ou os austríacos do Sturm Graz no play-off da Liga dos Campeões.

Onze do Benfica: Vlachodimos; Gilberto, Otamendi, Morato e Grimaldo; David Neres, Florentino, Enzo Fernández e João Mário; Rafa e Gonçalo Ramos.

Onze do Midtjylland: Olafsson, Dalsgaard, Sviatchenko, Juninho e Dyhr; J. Andersson, Sorensen e Charles; Dreyer, Kaba e Sisto.

Suplentes do Benfica: Helton Leite, Vertonghen, Bah, Yaremchuk, Chiquinho, Weigl, Musa, André Almeida, Henrique Araújo, Paulo Bernardo, António Silva e Diego Moreira.

Suplentes do Midtjylland: Ugboh, Ousted, Gartenmann, Isaksen, Thychosen, Chilufya, Kouakou, Byskov, Ortiz Cabezas, Paulinho, Lind e Jensen.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de