Benfica na Dinamarca com três golos de avanço para carimbar 'play-off' da Liga dos Campeões

Tendo em conta a vantagem de três golos, a equipa comandada pelo alemão Roger Schmidt é claramente favorita ao apuramento.

O Benfica procura selar hoje o apuramento para o 'play-off' da Liga dos Campeões em futebol, deslocando-se ao reduto emprestado do Midtjylland com três golos de vantagem, depois do 4-1 conseguido na Luz.

Há uma semana, na primeira mão da terceira pré-eliminatória, os 'encarnados' venceram os dinamarqueses com um 'hat-trick' de Gonçalo Ramos (17, 33 e 61 minutos) e um tento do argentino Enzo Fernández (40), contra um de penálti de Pione Sisto (78).

Tendo em conta a vantagem de três golos e, sobretudo, a enorme superioridade evidenciada, o conjunto comandado pelo alemão Roger Schmidt é claramente favorito ao apuramento, num 2022/23 para já só com triunfos, entre jogos oficiais e particulares.

Para o encontro marcado para Randers, já é certo que o técnico germânico vai mudar pela primeira vez o 'onze', ao terceiro jogo a 'sério', face à lesão sofrida pelo brasileiro David Neres, que ficou fora dos 24 eleitos para o encontro.

Na sua história europeia, o Benfica soma 13 vitórias e dois empates face a conjuntos dinamarqueses, sendo que as duas igualdades aconteceram em solo nórdico: 0-0 com o Aarhus, em 1987/88, e o mesmo resultado com o Copenhaga, em 2006/07.

A seu favor, os 'encarnados' também têm o facto de nunca terem desperdiçado uma vantagem de três ou mais golos, o que aconteceu em 21 ocasiões, a última em 2010/11.

Nos quartos de final da Liga Europa, o Benfica venceu em casa o PSV Eindhoven por 4-1, com tentos argentinos de Aimar, Salvio (dois) e Saviola, e, depois, empatou 2-2 nos Países Baixos, onde ainda se assustou, quando os anfitriões chegaram a 2-0 -- Luisão descansou, aos 45+3 minutos, e Cardozo sentenciou de penálti.

Antes, em 1975/76, e após um 5-2 na receção ao Ujpest, na segunda eliminatória da Taça dos Campeões, a equipa lisboeta também 'tremeu', ao ficar a perder por 3-0, que significaria a eliminação, mas Nené 'resgatou' as 'águias', aos 73 minutos.

De resto, o Benfica avançou sempre sem problemas, o que é expectável que volte a acontecer, rumo ao 'play-off', no qual os terceiros classificados da I Liga 2021/22 já sabem que vão encontrar o vencedor do duelo entre Dinamo Kiev e Sturm Graz.

Na última quarta-feira, em Lodz, na Polónia, os ucranianos venceram por 1-0, com um tento de Oleksandr Karavaev, aos 28 minutos, e é com essa vantagem que se apresentam hoje na Áustria, num embate com início às 19h30 (em Lisboa).

Caso ultrapasse os dinamarqueses, o Benfica joga a primeira mão do 'play-off' fora, em 17 de agosto, e decide o apuramento para a fase de grupos da 'Champions' na Luz, em 23, de acordo com as datas avançadas pelos 'encarnados' no seu sítio oficial.

O encontro entre o Midtjylland e o Benfica, da segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões em futebol, realiza-se hoje, a partir das 18h45 (em Lisboa), no Estádio do Randers, na Dinamarca, com arbitragem do sérvio Srdjan Jovanovic.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de