Cambalhota no marcador. Sporting dominador derrota Benfica e conquista Taça da Liga

Leões venceram os rivais da Luz por 2-1 e revalidaram o troféu. Veja os golos.

O Sporting conquistou este sábado pela quarta vez a Taça da Liga, ao vencer com reviravolta o Benfica por 2-1, na final da 15.ª edição da prova, disputada em Leiria.

Na primeira vez que foi à baliza dos leões, o Benfica marcou. Um lance bem trabalhado pelas águias, com Grimaldo a servir Everton na área. Com muito espaço, o internacional brasileiro preparou o remate e disparou forte para o golo. Neto ficou mal na fotografia.

Melhor início de segunda parte para o Sporting era impossível. Logo nos primeiros quatro minutos, na sequência de um canto marcado por Sarabia, Gonçalo Inácio apareceu junto ao segundo poste e cabeceou para o golo do empate.

A onze minutos dos 90' o Sporting concretizou a cambalhota no marcador depois de um excelente passe de Pedro Porro, em profundidade, isolar Sarabia, que finalizou de forma tranquila para o golo.

No ranking da prova, os leões, que já tinham vencido em 2017/18, 2018/19, e 2020/21 e perdido as finais de 2007/08 e 2008/09, sempre nos penáltis, destacam-se no segundo lugar, com quatro cetros, agora a apenas três do Benfica, que lidera com sete.

Rola a bola no Estádio Municipal de Leiria, com Luís Filipe Vieira a assistir ao jogo num camarote. Jogo muito confuso nestes primeiros instantes, mas o Sporting teve mais bola nos dois minutos iniciais. Aos 4 minutos, Vertonghen afastou uma bola perigosa dos leões para canto.

Luís Neto, aos 5 minutos, não conseguiu desviar a bola na direção da baliza de Vlachodimos. Cinco minutos depois, Everton cruza na esquerda, mas Inácio, oportuno, corta na área. Aos 19 minutos, Vertonghen roubou o golo a Pedro Gonçalves. Só dá Sporting nesta final da Taça da Liga. As bolas estão a entrar com muita facilidade na defensiva do Benfica.

Aos 22 minutos, Everton fez uma grande finta e depois, de pé esquerdo, fez um remate que só acabou no fundo da baliza do Sporting. Está feito o primeiro do jogo e é para o Benfica. Os benfiquistas, que estavam imóveis, fazem agora a festa na bancada.

Esgaio, aos 31 minutos, vê o primeiro cartão amarelo do jogo. Já a poucos minutos do intervalo, o Sporting está a tentar acelerar mas o Benfica está tranquilo e a conseguir controlar as investidas do adversário. O árbitro dá dois minutos de compensação.

Está a ser um jogo com muitas faltas. Intervalo!

Começa o segundo tempo da final da Taça da Liga. Nenhuma das equipas vem com alterações. Aos quatro minutos da segunda parte, na sequência de um canto marcado por Sarabia, Gonçalo Inácio empatou de cabeça. Melhor início de segundo tempo para o Sporting era impossível. Grande festa dos sportinguistas nas bancadas do Estádio Municipal de Leiria.

Aos 52 minutos, Vertonghen e Paulinho veem cartão amarelo após um lance dividido.

O Benfica não quer ficar fechado atrás e, aos 58 minutos, está a tentar ter mais a bola, mas é o Sporting que continua melhor no jogo. Aos 67 minutos, Pedro Porro cai na área e reclama falta de Grimaldo, mas o árbitro nada assinala.

Morato está com um problema físico e já pediu assistência. Está a ser assistido no relvado por causa de uma dor na zona do tornozelo. Aos 72 minutos, Paulinho atirou à barra depois de um bom cruzamento, vindo do lado direito. O Sporting continua a mandar no jogo, em busca da cambalhota no marcador.

Pedro Porro, aos 75 minutos, sofreu uma falta junto à linha final. O livre será um canto de mangas arregaçadas. A defesa do Benfica cortou e afastou o perigo, sem grandes dificuldades. Um minuto depois, Esgaio vê cartão amarelo por falta sobre João Mário.

Aos 77 minutos, Sarabia, isolado, assina a cambalhota no marcador na cara de Vlachodimos. Cantam os sportinguistas nas bancadas depois desta finalização com classe.

O árbitro dá cinco minutos de compensação. Aos 92 minutos, Pedro Porro serviu na perfeição Pedro Gonçalves, mas o número 28 do Sporting acabou por falhar. Terminou o jogo!

Onze do Benfica: Vlachodimos; Lazaro, Morato, Vertonghen, Grimaldo; Weigl, Meïté, João Mário; Diogo Gonçalves, Everton, Yaremchuk.

Onze do Sporting: Adán; Neto, Gonçalo Inácio, Feddal; Esgaio, Palhinha, Matheus Nunes, Matheus Reis; Sarabia, Paulinho e Pedro Gonçalves.

Suplentes do Benfica: Helton Leite, Gil Dias, André Almeida, Ferro, Pizzi, Taarabt, Paulo Bernardo, Henrique Araújo, Gonçalo Ramos.

Suplentes do Sporting: João Virgínia, Pedro Porro, Ugarte, Daniel Bragança, Tabata, Jovane, Nuno Santos, Tiago Tomás, Geny Catamo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de