Benfica tenta assegurar play-off da Liga dos Campeões e ficar mais perto dos milhões

A equipa treinada por Jorge Jesus vai procurar consumar a posição dominante na eliminatória.

O Benfica procura na terça-feira capitalizar o triunfo trazido de Moscovo e assegurar a passagem ao play-off da Liga dos Campeões de futebol, na receção ao Spartak, em jogo da segunda mão da terceira pré-eliminatória.

Na semana passada, na visita à capital russa, os encarnados colocaram um pé na derradeira ronda de acesso à fase de grupos da prova milionária, ao vencerem por 2-0 a formação comandada por Rui Vitória, com golos de Rafa e Gilberto.

Agora, num Estádio da Luz que contará com perto de 20.000 adeptos nas bancadas, algo que não se via há ano e meio, devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, o conjunto de Jorge Jesus vai procurar consumar a posição dominante na eliminatória e alcançar algo que falhou rotundamente na temporada passada, quando foi afastado precisamente nesta fase, pelo PAOK, embora num só jogo, em Salónica (1-2).

De resto, apenas por uma vez o Benfica foi afastado das taças europeias depois de vencer fora o jogo da primeira mão de uma eliminatória. Há mais de 50 anos, em 1968/69, os encarnados venceram por 3-1 o Ajax, em Amesterdão, mas depois perderam por 3-0 em Lisboa, com um bis de Johan Cruyff, e foram eliminados nos quartos de final da Taça dos Campeões Europeus.

Em vésperas de receber o Spartak, o Benfica estreou-se da melhor forma no campeonato, com um triunfo frente ao Moreirense (2-1), numa partida na qual as águias se apresentaram com seis alterações, face à prioridade - assumida por Jesus -- dada aos dois encontros com os moscovitas.

Desta forma, é previsível que o Benfica se apresente na Luz com um onze idêntico ao que jogou em Moscovo, havendo a dúvida sobre uma eventual estreia do avançado ucraniano Roman Yaremchuk, tendo em conta que Seferovic é baixa, devido a lesão, e Gonçalo Ramos, um dos melhores elementos encarnados em Moreira de Cónegos, poderá ser poupado, devido ao desgaste acumulado nas duas primeiras partidas oficiais.

Se o Benfica conta por vitórias os encontros disputados esta temporada, o Spartak de Moscovo já averbou três derrotas em quatro jogos, uma das quais com os encarnados, enquanto na Liga russa somou um triunfo e dois desaires, o último dos quais no sábado, na receção ao Nizhny Novgorod (1-2).

Benfica e Spartak de Moscovo jogam na terça-feira, a partir das 20:00, no Estádio da Luz, em Lisboa, num encontro que será dirigido pelo inglês Anthony Taylor.

Caso se qualifiquem para o play-off, as águias terão pela frente o PSV ou o Midtjylland, sendo que os holandeses praticamente sentenciaram o duelo na primeira mão, ao baterem os dinamarqueses por 3-0, em Eindhoven.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de