Jorge Jesus classifica jogo com Liverpool como "final antecipada"

O Benfica recebe esta quinta-feira o Liverpool na primeira-mão dos quartos-de-final da Liga Europa. Este jogo trata-se, na opinião de Jorge Jesus, de uma «autêntica final antecipada».

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, referiu esta quarta-feira, na véspera da recepção do Liverpool, que este jogo vai ser uma «final antecipada» entre as duas melhores equipas dos quartos-de-final da Liga Europa.

«É uma eliminatória antecipada porque na minha opinião são as duas melhores equipas, vai ser um jogo apaixonante e não acredito que não haja golos porque ambas as equipas são muito fortes ofensivamente», declarou.

Para Jorge Jesus, o Liverpool passou de candidato a vencer a Liga dos Campeões para deter agora o estatuto de principal pretendente a ganhar a final da Liga Europa.

O treinador do Benfica está ciente da influência de Torres e de Steven Gerald no jogo do Liverpool, dois jogadores com que os "encarnados" vão ter que se preocupar.

Sobre as acusações de antidesportivismo que ultimamente têm surgido contra Di Maria, o técnico do Benfica contesta e classifica o argentino como «o perfume para o futebol».

«O Di Maria é jogar mais forte no um contra um em Portugal e é o jogador mais massacrado durante este campeonato pelas suas caracteristicas», referiu Jorge Jesus.

Questionado também sobre a revelação do presidente do clube, Luís Filipe Vieira, o treinador sublinhou que neste momento há assuntos mais importantes.

«Aquilo que importa no momento é que sou treinador do Benfica e a época está a ser excelente. [Por isso] não me quero desviar dos objectivos», sublinhou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de