Braga vence Benfica e conquista Taça de Portugal em jogo com três jogadores expulsos

Minhotos venceram as águias por 2-0. O Benfica terminou o jogo reduzido a nove jogadores e o Braga reduzido a dez, num jogo com três jogadores expulsos. Veja os golos.

O Sporting de Braga conquistou este domingo a sua terceira Taça de Portugal, ao vencer o Benfica por 2-0, num jogo disputado no Estádio Cidade de Coimbra.

O Benfica ficou reduzido a dez jogadores muito cedo, depois de Helton Leite ter visto um cartão vermelho direto por ter derrubado Abel Ruiz fora da área. Já nos descontos da primeira parte, após uma bola em profundidade para Abel Ruiz, Jan Vertonghen fez um corte e a bola sobrou para Lucas Piazón, que viu Vlachodimos adiantado e fez um chapéu ao guardião grego. Foi o segundo golo deste jogador do Braga na prova.

A cinco minutos dos 90, Esgaio recuperou a bola na direita para Abel Ruiz abrir caminho para Ricardo Horta, que levantou a cabeça e atirou para golo.

Os últimos instantes da partida foram vividos com alguma tensão, tendo Taarabt, por parte do Benfica, e Lucas Piazón, do lado do Sporting de Braga, sido expulsos com vermelho direto.

No palmarés da prova, o Sporting de Braga chegou aos três troféus, numa lista liderada pelo Benfica, com 26.

Já rola a bola no Estádio Cidade de Coimbra! O Braga está a fazer a bola circular muito nestes primeiros 6 minutos. No minuto seguinte, Everton mete bem a bola na grande área dos minhotos, à procura de Seferovic, mas a defesa do Braga conseguiu fazer o corte.

Aos 14 minutos surge a primeira jogada com promessa de golo e foi por parte do Braga, pelo corredor esquerdo. No minuto seguinte, falta de Helton Leite, fora da área, sobre Abel Ruiz. O guarda-redes do Benfica vê cartão vermelho direto e as águias ficam reduzidas a 10 jogadores. O lance é analisado pelo VAR, mas o árbitro mantém a decisão. Pizzi sai para que possa entrar o guarda-redes Vlachodimos. O camisola 21 do Benfica sai cabisbaixo.

Dois minutos depois da primeira meia hora de jogo, volta a ameaçar o Braga. A segunda após a expulsão do guarda-redes Helton Leite. O Benfica está com cada vez mais dificuldade em controlar o adversário. Aos 39 minutos, um corte fantástico de Otamendi evita o golo do Braga. O camisola 30 do Benfica fica também furioso com o árbitro, após o corte, por não ter assinalado falta dos minhotos sobre Weigl e chega mesmo a dar um pontapé no poste da baliza, em protesto.

Aos 44 minutos, Seferovic conseguiu espaço para um remate! A bola foi desviada e ainda dá canto para o Benfica. O árbitro dá três minutos de compensação nesta primeira parte. No minuto seguinte, Weigl remata e obriga Matheus a uma grande defesa. As águias, no espaço de um minuto, criaram as duas melhores oportunidades de golo do jogo.

A poucos segundos do final da primeira parte, Lucas Piazon faz um chapéu a Vlachodimos e faz um grande golo. Está na frente o Braga.

Intervalo.

Recomeçou o jogo no Estádio Cidade de Coimbra. Aos 47 minutos esteve à vista o segundo golo do Braga, por intermédio de Castro. Vlachodimos, com uma grande defesa, consegue desviar a bola por cima da baliza. Oito minutos depois, Jorge Jesus faz uma tripla substituição e lança no jogo Nuno Tavares, Rafa Silva e Darwin Núñez.

Aos 59 minutos, Galeno, na cara de Vlachodimos, remata por cima da trave. Al Musrati sai em lágrimas após lesão, aos 75 minutos, para entrar André Horta. Nestes últimos minutos o jogo tem estado praticamente sem remates.

Mais uma grande oportunidade para o Braga, aos 83 minutos, e mais uma grande defesa de Vlachodimos. O guarda-redes já evitou que os minhotos marcassem em vários momentos do jogo. Dois minutos depois, Ricardo Horta faz o segundo para a equipa de Carlos Carvalhal. Os jogadores festejam como se a Taça já não escapasse.

Cinco minutos é o tempo de desconto dado pelo árbitro. Já no período de compensação há confusão no relvado na sequência de um momento de desnorte de Taarabt. Lucas Piazon e Taarabt veem cartão vermelho e o Benfica acaba o jogo reduzido a nove jogadores, enquanto o Braga termina com dez.

Terminou o jogo em Coimbra!

Onze inicial do Braga: Braga: Matheus; Tormena, Raul Silva e Sequeira; Esgaio, Castro, Al Musrati e Galeno; Lucas Piazon, Abel Ruiz e Ricardo Horta.

Onze inicial do Benfica: Helton Leite; Morato, Otamendi e Vertonghen; Diogo Gonçalves, Taarabt, Weigl e Grimaldo; Pizzi, Seferovic e Everton.

Suplentes do Braga: Tiago Sá, Bruno Rodrigues, Borja, João Novais, André Horta, Rui Fonte e Sporar.

Suplentes do Benfica: Vlachodimos, Jardel, Nuno Tavares, Gabriel, Chiquinho, Rafa e Darwin.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de