Bronze para Portugal no europeu de tiro com arco

A equipa portuguesa de arco compound ganhou o confronto de consolação e conquistou a primeira medalha da história da modalidade em Portugal.

Portugal conquistou esta sexta-feira à tarde, na Eslovénia, a primeira medalha da história do Tiro com Arco em Portugal.

A equipa masculina portuguesa composta por Cláudio Alves, Rui Baptista e Carlos Resende ganhou a medalha de bronze no Campeonato da Europa em recinto coberto, derrotando no confronto decisivo a equipa de França, por 231-229.

Portugal foi sexto na qualificação. No início da semana eliminou a Rússia nos quartos-de-final, batendo o recorde nacional com 235 pontos.

Na meia-final foi afastada da final de ouro pela Turquia.

Foi a primeira vez que Portugal participou em campeonatos da Europa em recinto coberto.

Integraram a equipa portuguesa dez arqueiros.

Depois da vitória e da conquista da medalha, os três arqueiros de Portugal descreveram, a pedido da TSF, os momentos que antecederam a presença inédita numa final internacional, e o trabalho que foi feito para conseguir a vitória.

Carlos Resende entende que só com trabalho de equipa foi possível "ultrapassar os nervos" e bater "uma das melhores seleções do mundo".

Cláudio Alves descreve a "calma sobrenatural, como se todas as peças se alinhassem", antes de entrar no recinto, e "a força de vontade" que os três tiveram para bater adversário "profissionais".

Rui Baptista explicou que a vitória frente à equipa francesa começou logo no início da semana, com o espírito de grupo que foi construído e foi crescendo cada vez mais.

Os três acreditam que esta é apenas a primeira grande conquista do tiro com arco português, em provas internacionais, e que foram necessárias muitas derrotas para chegar a este triunfo.

* Notícia atualizada no dia 19 de fevereiro de 2022 às 13h12

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de