Bruno Fernandes volta a marcar, mas não evita novo deslize do Manchester United

Médio português ainda deu alento aos red devils, ao recolocar a equipa na discussão do jogo, depois de ter estado a perder. Veja o golo.

Um grande golo do médio internacional português Bruno Fernandes, com um remate em vólei, foi insuficiente para o Manchester United, que empatou este domingo 1-1 em casa do West Bromwich, na 24.ª jornada da Liga inglesa de futebol.

O médio português, melhor marcador do United e segundo melhor na Liga, com 14 golos, menos três do que o egípcio Salah (Liverpool), ainda deu alento aos red devils, ao recolocar a equipa na discussão do jogo, depois de ter estado a perder.

Luke Shaw cruzou do lado esquerdo e o médio português, sem deixar a bola cair no chão, rematou de primeira e igualou o jogo, aos 44 minutos, quando a equipa de Manchester perdia desde os dois minutos, na sequência de um cabeceamento certeiro de Diagne.

O empate, o terceiro nos últimos quatro jogos no campeonato, deixa a equipa treinada pelo ex-futebolista Ole Gunnar Solskjaer ainda mais longe do rival e líder Manchester City, que aumenta a vantagem para sete pontos e tem menos um jogo realizado.

Os 'red devils' estão igualados no segundo posto com o Leicester, depois de no sábado os 'foxes' terem vencido em casa o campeão Liverpool, que se mantém em quarto lugar, mas pode ainda ser ultrapassado no final da ronda por Chelsea e West Ham.

Também hoje, o Wolverhampton, treinado por Nuno Espírito Santo, venceu fora o Southampton, por 2-1, com golos dos portugueses Rúben Neves e Pedro Neto, três dias depois de a equipa ter sido eliminada pelos 'saints' na Taça de Inglaterra (2-0).

A 24.ª jornada tem ainda hoje os jogos entre Arsenal, adversário do Benfica na Liga Europa, e Leeds United, e do Everton frente ao Fulham, enquanto que na segunda-feira o Chelsea recebe o Newcastle e o West Ham o Shelffield United.

No sábado, o jogo grande colocou frente a frente Manchester City e Tottenham, com os 'citizens' a vencerem a equipa de José Mourinho por 3-0, num jogo que foi uma afirmação categórica do favoritismo que têm na corrida ao título.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de