I Liga de futebol regressa com jogos "praticamente todos os dias"

A Liga de Clubes prevê terminar a competição em 52 dias.

A edição de 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol vai ser reatada com jogos em "praticamente todos os dias" até 26 de julho. A revelação foi feita esta terça-feira por Sónia Carneiro, diretora executiva da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), que indica que "apenas entre a primeira e a segunda jornada vai haver algum distanciamento temporal, para que os jogadores se adaptem às novas circunstâncias".

Em entrevista à TSF, Sónia Carneiro afirma que todos estão com "fome de bola" depois da interrupção a 12 de março do campeonato. A Liga de Clubes está, por isso, a trabalhar com os operadores para que não existam sobreposições de jogos.

A diretora executiva LPFP lembra ainda que "há um esforço grande entre os clubes e a Liga de Clubes para assumir o compromisso de levar o campeonato até ao fim". Sónia Carneiro dá o exemplo do Santa Clara, que vai realizar as restantes jornadas na Cidade do Futebol, em Lisboa.

A Liga de Clubes e a Federação Portuguesa de Futebol, em conjunto com a Direção-Geral da Saúde, estão a criar uma campanha para apelar à colaboração dos adeptos na retoma do futebol. Sónia Carneiro lembra que o objetivo é terminar o campeonato na data prevista e que, por isso, é necessário que não existam ajuntamentos de pessoas junto aos estádios de futebol.

Questionada sobre a possibilidade de os jogos de futebol serem em canal aberto, Sónia Carneiro afirma que esta é uma altura de retoma também para os operadores. "O objetivo é proteger quem protege o futebol", assevera.

Vistorias aos estádios ainda decorrem

Sónia Carneiro admite que "no máximo em dois dias" os estádios que vão receber os 90 jogos restantes vão ser conhecidos.

"Admito que em 24 ou 48 horas teremos os relatórios finais e o quadro de estádios definido", rematou. Sónia Carneiro adianta que as vistorias estão a correr bem e que "os clubes têm planos de contingência adequados".

Embora não revele quais são as indicações dadas aos clubes caso surja algum jogador infetado pelo novo coronavírus, Sónia Carneiro lembra que há um plano de retoma elaborado pela Liga de Clubes, em conjunto com os médicos das sociedades desportivas, que prevê todas as situações.

Os campeonatos de futebol de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 4 de junho, depois de a Liga alemã ter sido retomada no sábado.

Faltam disputar 90 jogos do principal escalão do futebol nacional, o único que não foi cancelado devido ao novo coronavírus, assim como a final da Taça de Portugal, que vai opor Benfica e FC Porto.

Após 24 jornadas, os dragões lideram a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

A organização da competição, que tem previsto o reatamento para 4 de junho, prevê completar a prova até 26 de julho, ou seja, em 52 dias.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de