Canoísta Teresa Portela termina em 10.º em K1 200 metros

Com a homónima espanhola, Teresa Portela Rivas, bicampeã do Mundo e 'tri' europeia, e a sueca Linnea Stencils a terminarem no quarto lugar com o mesmo tempo, acabaram por ser cinco as apuradas para a final.

A canoísta Teresa Portela terminou esta terça-feira a prova de K1 200 metros dos Jogos Olímpicos no 10.º lugar, depois de vencer a final B em Tóquio 2020.

No Sea Forest Waterways, a atleta de Esposende concluiu a sua prova em 39.562 segundos, à frente da russa Svetlana Chernigovskaya e da chinesa Mengdie Yin.

Duas horas antes, Portela falhou a final por estar incluída na meia-final mais forte, na qual foi sexta, e que apurava quatro barcos: o seu tempo, 39,301 segundos, foi melhor em cerca de quatro décimos de segundo do que a vencedora da outra série.

Com a homónima espanhola, Teresa Portela Rivas, bicampeã do Mundo e 'tri' europeia, e a sueca Linnea Stencils a terminarem no quarto lugar com o mesmo tempo, acabaram por ser cinco as apuradas para a final.

Juntam-se a vencedor da semifinal, a bicampeã olímpica Lisa Carrington, da Nova Zelândia, a 'vice' Marta Walczykiewicz, da Polónia, a medalha de prata no Rio 2016 em K1 500, e a dinamarquesa Aastrand Jorgensen

O melhor registo da canoísta do Benfica em K1 200 continua a ser o oitavo lugar em Londres 2012.

Esta é a quarta presença olímpica de Teresa Portela, que no Rio 2016 foi 11.ª em K1 500 metros, distância que começa a disputar a partir de quarta-feira em Tóquio 2020.

MAIS SOBRE TÓQUIO 2020

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de