Carlos Sá pronto para começar a travessia da Gronelândia

No domingo, o ultramaratonista arranca para um novo desafio. São cerca de 700 km com temperaturas abaixo dos 15 graus negativos. A meteorologia não é animadora.

São 570 km em linha reta, mas, como a travessia vai ser feita em orientação, a distância pode aumentar para mais de 700 km.

No facebook, Sá já deu conta da chegada à Gronelândia e deixou um lamento: "A meteorologia não se prevê nada animadora mas está a mudar a cada momento".
O ultramaratonista sublinha ainda que, em 1991, o chefe da expedição, Sir Odd Harald, esteve "22 dias à espera de bom tempo".

"Espero não ter de bater este recorde, mas neste tipo de aventuras extremas o sucesso depende da capacidade de esperar", conclui.

A travessia da Gronelândia pelo ultramaratonista esteve também em destaque no programa TSF Runners desta semana.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de