Casas de jogadores e treinador do Benfica vandalizadas com ameaças

Pizzi terá sido um dos alvos do ataque. Na mesma noite um autocarro do Benfica foi apedrejado na A2 a caminho do Seixal.

Algumas casas de jogadores do Benfica foram vandalizadas com grafitis esta madrugada, no rescaldo do jogo Benfica-Tondela, que terminou com um empate sem golos. Uma das casas alvo do ataque terá sido a de Pizzi, onde, no exterior, foi pintada a frase "Pizzi filho da p... 'tás avisado". Também Rafa e Bruno Lage viram as suas casas grafitadas com ameaças e mensagens de protesto.

A Tribuna Expresso apurou que as suspeitas da PSP recaem sobre elementos com ligações aos No Name Boys. A TSF já confirmou os atos de vandalismo dirigidos a casas de jogadores e do treinador do Benfica.

Na mesma noite, um dos autocarros da equipa foi apedrejado e Weigl e Zivkovic ficaram feridos a caminho do Seixal.

De acordo com uma fonte do Benfica, Zivkovic terá mesmo sido atingido na zona dos olhos por estilhaços.

O clube já repudiou o apedrejamento que aconteceu na A2 e mostrou-se disponível para cooperar na identificação. Já a Liga condenou mesmo aquele que designou como "ataque cobarde".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de