Ciclista Alejandro Valverde foi atropelado, mas não tem lesões "consideráveis"

Valverde, de 42 anos, está na última época como ciclista profissional

O veterano espanhol Alejandro Valverde (Movistar) foi atropelado este sábado, juntamente com outros dois ciclistas, na região de Múrcia, mas não sofreu "fraturas ou lesões consideráveis", informou a equipa espanhola.

"Confirmamos que Alejandro Valverde não tem fraturas nem lesões consideráveis, após ter sofrido este sábado um incidente enquanto rolava junto a um companheiro da sua grupeta em Alcantarilha. 'Bala' permanecerá sob observação durante 24 horas e, depois, terá alta. O seu companheiro também está OK", lê-se na publicação da Movistar no Twitter.

A agência de notícias Efe revela que o espanhol de 42 anos, um dos ciclistas com maior currículo no pelotão, foi atropelado no sábado, tal como um dos seus habituais companheiros de treino e outro corredor.

Os três sofreram "traumatismos, hematomas e contusões", confirmaram os serviços de urgência (112) à agência espanhola.

O acidente aconteceu às 12h20 locais (menos uma em Lisboa) na região de Múrcia, com os acidentados a serem transportados para o hospital, depois de terem sido assistidos no local.

Valverde, companheiro de Nelson Oliveira na Movistar, está a cumprir a sua última época no pelotão. No currículo, conta com uma Volta a Espanha (2009), cinco Flèche Wallonne, quatro Liège-Bastogne-Liège e um título mundial (2018), num total de 133 triunfos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de