Confederação africana rejeita protesto e confirma triunfo do Mali frente à Tunísia na CAN

Numa altura em que o Mali vencia por 1-0, o árbitro zambiano Janny Sikazwe terminou o encontro duas vezes antes do final do tempo regulamentar.

A Confederação Africana de Futebol (CAF) anunciou na quinta-feira a homologação da vitória do Mali frente à Tunísia, por 1-0, num jogo da Taça das Nações Africanas (CAN) que terminou duas vezes antes do final do tempo regulamentar.

A comissão da organização de competições da CAF refere, em comunicado, que, após analisar todos os relatórios, decidiu rejeitar o protesto da equipa da Tunísia e homologar o resultado do jogo.

Numa altura em que o Mali vencia por 1-0, o árbitro zambiano Janny Sikazwe terminou o encontro quando estavam decorridos 85 minutos, retomou-o aos 87 e voltou a terminá-lo, desta vez de forma definitiva, aos 89, isto depois de uma segunda parte em que houve nove substituições, duas grandes penalidades, recurso ao videoárbitro e ainda uma pausa para hidratar.

O Mali acabou por vencer por 1-0 a Tunísia, graças a uma grande penalidade convertida por Ibrahima Koné, aos 48 minutos.

A 33.ª edição da Taça das Nações Africanas (CAN) decorre até 06 de fevereiro, nos Camarões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de