Sporting começa o ano da pior forma. Santa Clara impõe primeira derrota ao campeão

Com muitas debilidades defensivas, os leões estiveram por duas vezes na frente do marcador, mas nos minutos finais, os açorianos conseguiram a reviravolta. Veja os golos.

O Santa Clara impôs esta sexta-feira a primeira derrota (3-2) ao Sporting no campeonato. Num jogo com cinco golos, os açorianos estiveram em desvantagem no marcador por duas vezes, mas Ricardinho concretizou a reviravolta.

A jornada 17 começou com o campeão Sporting a deslocar-se à ilha de São Miguel, nos Açores, para defrontar o Santa Clara. O jogo ficou marcado por uma ausência de peso no banco dos leões. Rúben Amorim está em isolamento por ter testado positivo à Covid-19.

Para este encontro, o Sporting entrou em campo com Esgaio e Matheus Reis nas laterais, deixando o meio campo entregue a Palhinha e Matheus Reis.

Perante um Santa Clara que procurava a melhor forma, foi o campeão a abrir o marcador e de uma forma pouco habitual. Aos 10 minutos, João Palhinha teve espaço à entrada da área e rematou para o fundo da baliza insular.

O Santa Clara tentou ir à procura do golo do empate, mas era difícil quebrar a consistência defensiva dos leões, que há medida que o cronómetro foi avançado, foi dando sinais de alguma instabilidade.

Logo a seguir, em nova jogada de insistência junto à área açoriana, Pote, em boa posição, não conseguiu enquadrar o remate com a baliza.

Aos 26 minutos surgiu uma grande oportunidade para a formação de Ponta Delgada: Jean Patric recebeu a bola e conduzi-a até área, mas na cara de Adán, rematou ao lado.

À segunda, Jean Patric foi feliz. Escondido nas costas de Esgaio, o avançado do Santa Clara concluiu da melhor forma um cruzamento quase perfeito de Sagna. O avançado da formação açoriano fez um cabeceamento que só parou nas redes de Adán.

Na segunda parte, o Sporting voltou a entrar mais forte e colocou-se novamente em vantagem aos 50 minutos. Pote abriu o jogo para Sarabia e o espanhol, de primeira, marcou o segundo golo dos leões no encontro.

O Santa Clara não perdeu tempo e, novamente pelo flanco esquerdo, cruzamento para área e Lincoln, de pé esquerdo, rematou de primeira e voltou a bater Adán.

Cryzan, a par de Lincoln e Jean Patric estavam a fazer um bom jogo frente a um Sporting frágil defensivamente. Em casa, Amorim percebeu isso e ordenou alterações na equipa.

Mas as mudanças não deram resultado e, em contra-ataque, o Santa Clara chegou ao terceiro golo no jogo, conseguindo a reviravolta. Lincoln fez o que quis da defensiva leonina e serviu Ricardinho que, acabado de entrar, apontou mais um bom golo.

Nos descontos, para agravar a situação leonina no jogo, Daniel Bragança foi expulso por uma falta perigosa a meio campo. Em desvantagem, o Sporting ainda teve oportunidade para marcar o golo do empate, mas Paulinho atirou ao lado.

Com esta derrota, que interrompeu uma série de 11 vitórias seguidas no campeonato, o Sporting mantém-se no segundo posto, com 44 pontos, mas poderá ver o FC Porto isolar-se no comando da I Liga, com o Santa Clara a somar o terceiro triunfo consecutivo em casa, passando a ter 16 pontos.

Veja aqui o resumo

Onze do Santa Clara: Marco, Sagna, João Afonso, Boateng e Mansur; Lincoln, Anderson Carvalho e Morita; Rui Costa, Cryzan e Jean Patric.

Suplentes: Ricardo Fernandes, Bouldini, Rúben Oliveira, Paulo Henrique, Tassano, Romão, Nené, Mohebi e Ricardinho.

Onze do Sporting: Adán, Neto, Coates e Matheus Reis; Esgaio, Palhinha, Matheus Nunes e Nuno Santos; Pote, Paulinho e Sarabia.

Suplentes: Virgínia, Feddal, Tabata, Ugarte, Vinagre, Tiago Tomás, Bragança, Nazinho e G. Esteves.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de