Começar a perder e acabar a dominar. Benfica vence em Turim

João Mário e Neres dão vitória aos encarnados. Veja os golos.

Tudo começou mal para o Benfica, mas rapidamente deu a volta para vencer em Turim. O golo de Milik assustou as águias, mas o Benfica cresceu ao longo da partida e consumou a reviravolta por João Mário e David Neres.

Roger Schmidt apresentou um onze sem grandes surpresas. Fez regressar João Mário e Gonçalo Ramos, que estiveram castigados no último jogo da I Liga e trocou Gilberto por Bah na defesa.

E a partida começa muito mal para os encarnados. Livre batido por Paredes e Arkadiusz Milik cabeceia para o primeiro golo da partida, logo no quarto minuto de jogo.

Ainda antes dos dez minutos, a Juventus fica muito perto do segundo. Jogada de insistência dos italianos, Cuadrado cruza e, ao segundo poste, Kostic remata, mas a bola é desviada e sai a rasar o poste da baliza de Vlachodimos.

Com 20 minutos, o Benfica demonstra muitas dificuldades no jogo, com várias perdas de bola na saída desde a defesa e sem consegue chegar à área adversária com perigo. A Juventus soma oportunidades para fazer o segundo do jogo.

A primeira oportunidade benfiquista surge aos 27 minutos. A Juventus perde a bola na defesa, David Neres, na quina da área, cruza para a cabeça de Gonçalo Ramos, mas o remate sai fraco e à figura de Perin.

A melhor fase do Benfica aparece pela altura da meia hora de jogo. Consegue reter a bola na sua posse e subir no terreno, tendo somado alguns remates de longe.

Rafa fica muito perto do empate. Ataque rápido do Benfica conduzido pelo português que tabela com João Mário e remata ao poste.

Logo a seguir, Miretti derruba Gonçalo Ramos na área e, depois de consultar o videoárbitro, o árbitro assinala grande penalidade. Na conversão, João Mário remata com força para o meio da baliza, fazendo o empate na partida.

O empate é o resultado que se verifica ao intervalo da partida.

Os encarnados mostram vontade de virar o jogo no regresso do descanso. Nos minutos iniciais da segunda parte, Bah apanha uma bola perdida fora da área e remata forte ao lado.

A seguir é a vez da Juventus ameaçar. Milik, em contra-ataque pela direita, puxa para o meio e remata de pé esquerdo. A bola faz um efeito perigoso e dificulta a intervenção de Vlachodimos.

Foi mesmo o Benfica a conseguir o golo. Enzo Fernández descobre Gonçalo Ramos na área adversária, o avançado é desarmado, mas a bola sobra para Rafa que remata para uma primeira defesa de Perin. Na recarga, David Neres remata para o fundo da baliza e faz o 2-1.

Allegri mexe na sequência do golo benfiquista. Retira Miretti e Cuadrado de jogo para lançar Di María e De Sciglio.

O Benfica volta a ameaçar logo a seguir. Insistência na bola parada, sobra para Bah na área que remata para um grande corte de Bonucci. Neres volta a criar perigo por Neres. Nova perda de bola da Juventus, Rafa serve Neres e o brasileiro remata para nova defesa de Perin.

O treinador italiano faz mais duas substituições: Kostic e Milik saem e entram Fagioli e Moise Kean.

E a substituição quase tem resultados imediatos. Kean recebe na esquerda, tira um homem do caminho e remata ao poste da baliza benfiquista.

Roger Schmidt mexe pela primeira vez aos 81 minutos e a triplicar. Enzo Fernández, David Neres e Gonçalo Ramos para entrarem Aursnes, Petar Musa e Chiquinho.

Grande susto aos 84 minutos. Di Maria descobre De Sciglio à esquerda que cruza para o golo de Vlahovic, mas estava em fora de jogo.

Pouco depois, Schmidt esgota as substituções com as entradas de Draxler e Diogo Gonçalves para as saídas de João Mário e Rafa.

A Juventus carrega mais à procura do empate. Cruzamento de Di María e o central Bremer aparece isolado, mas remata por cima.

A velha senhora não conseguiu o empate e o Benfica vence em Turim. Com este resultado, partilha a liderança do grupo H com o PSG, que venceu o Maccabi Haifa, com seis pontos. No fundo estão italianos e israelitas com duas derrotas.

Onze do Juventus: Perin, Danilo, Bonnuci, Bremer, Cuadrado, McKennie, Miretti, Paredes, Kostic, Vlahovic e Milik

Onze do Benfica: Odysseas, Bah, António Silva, Otamendi, Grimaldo, Florentino, Enzo, Neres, Rafa, João Mário e Gonçalo Ramos

Suplentes do Juventus: Pinsoglio, Garofani, De Sciglio, Gatti, Kean, Di María, Rugani, Soulè, Barbieri, Fagioli

Suplentes do Benfica: Leite, Gilberto, Aursnes, Diogo Gonçalves, Rodrigo Pinho, Chiquinho, Ristic, Brooks, Musa, Henrique Araújo, Paulo Bernardo e Draxler

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de