Sporting vence Paços de Ferreira com golos de João Mário e Palhinha

Leões somam sétima vitória consecutiva. Veja os golos.

O Sporting venceu esta noite o Paços de Ferreira por 2-0, em Alvalade. O primeiro golo apareceu aos 20 minutos através de uma grande penalidade convertida por João Mário. Na segunda parte, João Palhinha ampliou a vantagem sobre os pacenses.

Depois de durante o fim de semana ter visto os rivais diretos a perder pontos, o Sporting regressava a Alvalade com o objetivo de alargar a vantagem pontual em relação a FC Porto e Benfica.

Os líderes do campeonato mantêm-se invictos, sem derrotas e com seis vitórias consecutivas, tinham pela frente uma das equipas sensação da Liga. Os leões recebiam o melhor Paços de Ferreira dos últimos anos. A equipa liderada por Pepa, à partida para este jogo, ocupava a quinta posição da tabela classificativa, a apenas três pontos do Benfica.

Para este encontro, Ruben Amorim fez quatro alterações na equipa, promovendo a titularidade de Gonçalo Inácio, Nuno Mendes, João Mário e Tiago Tomás. Já o Paços de Ferreira apresentava duas mudanças: Pepa deu a titularidade a Maracás e Bruno Costa.

A primeira oportunidade do jogo surgiu aos nove minutos após uma boa jogada coletiva do Sporting. Pedro Gonçalves foi à linha e, de pé esquerdo, serviu Paulinho. O avançado tentou surpreender o guarda-redes Jordi de calcanhar, mas o número 1 pacense mostrou-se atento, sacudindo a bola pela linha final.

Os leões tentavam impor o seu jogo, mas o Paços mostrava-se em campo com muita organização defensiva. Mas um erro ditou um castigo máximo a beneficiar o Sporting.

Pote fugiu à marcação após uma abertura de Feddal para a área, mas foi carregado em falta pelo lateral Robocho. O árbitro mostrou amarelo ao jogador pacense. Da marca dos onze metros, João Mário não falhou e abriu o marcador.

O Paços de Ferreira tentou reagir, mas não conseguia chegar à baliza do Sporting. Os castores, a 10 minutos do intervalo, não tinham qualquer remate enquadrado. A primeira parte ficava também marcada pelo critério do árbitro André Narciso, que mostrou cinco cartões amarelos.

Aos 38 minutos, Feddal perdeu a bola em zona proibida e Douglas Tanque mostrou a sua qualidade no relvado de Alvalade. O avançado brasileiro, em lance individual, fez o que quis de Coates e, já dentro da área, viu Gonçalo Inácio a cortar a bola, negando-lhe o remate.

Em cima do intervalo, o Paços superiorizou-se ao Sporting. A equipa de Pepa estava a crescer no jogo e esteve muito perto de empatar. Douglas Tanque lançou a corrida de Robocho pela esquerda. O lateral formado centrou para a área, a bola foi sacudida para a meia-lua, onde estava Luther Singh, que rematou à figura de Adán.

A segunda parte começou com o Sporting no ataque e com mais um golo dos leões. Pedro Porro levantou a bola para a área na sequência de um pontapé de canto, Feddal desviou para o segundo poste onde estava Palhinha. O médio leonino rematou um míssil para o fundo da baliza de Jordi, aumentando a vantagem dos leões no jogo.

A estratégia de Pepa para a segunda parte teve de ser adaptada face ao golo de Palhinha. Depois de fazer algumas alterações, promovendo a entrada de Uilton e João Amaral. A equipa melhorou e assustou Adán em duas ocasiões por intermédio do avançado Douglas Tanque.

Aos 73 minutos, o Paços esteve novamente muito perto de reduzir a desvantagem. Luther Singh fugiu pelo lado esquerdo do ataque pacense, foi à linha cruzar para a área, e João Amaral, na marca de penálti, atirou para a bancada.

Até ao final, o Paços tentou surpreender a linha defensiva do Sporting, mas os três centrais de Ruben Amorim mostrava-se segura.

Onze do Sporting: Adán; Gonçalo Inácio, Coates e Feddal; Porro, João Mário, Palhinha e Nuno Mendes; Pedro Gonçalves, Paulinho e Tiago Tomás.

Suplentes do Sporting: Maximiano, Matheus Reis, Tabata, Matheus Nunes, Nuno Santos, Neto, João Pereira, Daniel Bragança e Jovane.

Onze do Paços de Ferreira: Jordi; Fernando Fonseca, Baixinho, Maracás e Rebocho; Eustáquio, Luiz Carlos e Bruno Costa; Hélder Ferreira, Tanque e Luther Singh.

Suplentes do Paços de Ferreira: Fracaro, Martín, Uílton, Adriano, Dor Jan, Diaby, Marcelo, João Pedro e João Amaral.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de