Coreia do Norte renuncia à qualificação para o Mundial2022

Coreia do Norte ocupava a quarta posição do grupo, mas apenas a um ponto do líder, o Turquemenistão.

A Coreia do Norte renunciou à fase de qualificação para o Mundial Qatar2022, anunciou este domingo a Confederação Asiática de Futebol (AFC), sem adiantar os motivos da decisão.

"A Confederação Asiática de futebol confirma este domingo a retirada da Federação de futebol da Coreia do Norte das eliminatórias asiáticas para o Campeonato do Mundo de 2022 no Qatar", informou o organismo, em comunicado.

Apesar da nota da AFC não avançar qualquer explicação para a renúncia da seleção norte-coreana, os meios de comunicação daquele país justificam-na com preocupações relacionadas com a propagação do coronavírus.

A pandemia de Covid-19 já tinha levado ao adiamento para junho da maioria dos jogos da segunda fase de qualificação para o Qatar2022, inicialmente previstos para março.

No mês passado, a AFC anunciou que decidiu concentrar os encontros de qualificação, que se disputarão entre 31 de maio e 15 de junho, em oito países, de forma a minimizar os riscos de transmissão do novo coronavírus.

A Coreia do Norte iria jogar os seus encontros na Coreia do Sul, país escolhido para acolher os jogos do grupo H, que inclui, além das duas Coreias, o Líbano, o Sri Lanka e o Turquemenistão.

A AFC vai remeter a decisão norte-coreana para a FIFA para, posteriormente, definir qual será o impacto da retirada daquela seleção na classificação do grupo, no qual ocupava a quarta posição, mas apenas a um ponto do líder, o Turquemenistão.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.359.726 mortos no mundo, resultantes de mais de 161,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de