Coreia do Sul, de Paulo Bento, tem tarefa hercúlea ante o pentacampeão

Após ter conseguido uma vaga nos oitavos graças ao triunfo sobre Portugal, que lhe permitiu ficar no segundo posto do Grupo H, a formação asiática vai defrontar o Brasil.

A Coreia do Sul, treinada pelo português Paulo Bento, tem esta segunda-feira a hercúlea tarefa de tentar apurar-se pela segunda vez na história para os quartos de final de um Mundial de futebol, num duelo com o pentacampeão Brasil.

Após ter conseguido uma vaga nos 'oitavos' graças ao triunfo sobre Portugal, que lhe permitiu ficar no segundo posto do Grupo H, a formação asiática vai defrontar a mais titulada das seleções, num encontro marcado para as 22h00 locais (19h00 em Lisboa), no Estádio 974, em Doha.

Na antevisão ao encontro, Paulo Bento atribuiu claro favoritismo ao 'escrete', não só pelas individualidades de que dispõe, mas também pelo facto de o adversário ter tido a oportunidade de rodar o 'onze' na última jornada da fase de grupos, ao contrário dos sul-coreanos, que tiveram de jogar no limite diante da equipa das 'quinas'.

Pela terceira vez nuns oitavos de final, a Coreia do Sul tentará exceder as expectativas e chegar, 20 anos depois, aos 'quartos' da competição, algo que só alcançou no Mundial coorganizado com o Japão, em 2002, em que atingiu as meias-finais e terminou na quarta posição.

No entanto, os asiáticos terão pela frente um Brasil que é sempre um histórico candidato a vencer o Campeonato do Mundo e que, nas últimas sete edições, passou sempre aos quartos de final. A última vez que tal não aconteceu foi no Itália1990, em que foi eliminado pela rival Argentina nesta fase da prova.

Os 'canarinhos' venceram o Grupo G, com seis pontos, após triunfos sobre Sérvia (2-0) e Suíça (1-0), e um desaire com os Camarões (0-1), na derradeira ronda, terminando em igualdade pontual com os suíços, mas com vantagem nos golos marcados face ao adversário de Portugal nos 'oitavos'.

O selecionador brasileiro, Tite, que se vai despedir do comando do 'escrete' no final do Mundial, já confirmou o regresso de Neymar à titularidade diante da Coreia do Sul, após o avançado do Paris Saint-Germain ter falhado os duelos com helvéticos e africanos, devido a lesão.

No outro jogo do dia, o Japão vai medir forças com a vice-campeã mundial Croácia, às 18h00 locais (15h00 em Lisboa), em Al-Wakrah, depois de ter vencido surpreendentemente o Grupo E, com triunfos sobre a Espanha e a Alemanha, sendo que os espanhóis foram relegados para o segundo posto e os germânicos ficaram pelo caminho.

Esta é a quarta vez que os nipónicos atingem os 'oitavos' - depois de 2002, 2010 e 2018 -, mas nunca passaram desta fase da competição, ao contrário dos croatas, que, na última edição, perderam a final para a França e, em 1998, ficaram no terceiro lugar.

O vencedor desta partida encontrará nos quartos de final o vencedor do Brasil-Coreia do Sul.

O quadro dos quartos de final, que ficará completo na terça-feira, com os jogos Marrocos-Espanha e Portugal-Suíça, tem já confirmados os duelos Países Baixos-Argentina e Inglaterra-França.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de