Dalot ambiciona mais chamadas à seleção para "conquistar o seu espaço"

Defesa direito do Manchester United soma apenas duas internacionalizações pela equipa principal.

O futebolista Diogo Dalot manifestou esta quarta-feira a ambição de estar habitualmente nos eleitos de Portugal para conquistar o "seu espaço" e ter oportunidade de jogar, nomeadamente no particular diante do Qatar e com Luxemburgo, de qualificação para o Mundial2022.

O defesa direito do Manchester United, de 22 anos, soma apenas duas internacionalizações pela equipa principal das quinas, ambas no Euro2020, disputado no verão, mas, mesmo tendo a forte concorrência de João Cancelo, tem bem delineado o que tem de fazer para ser opção.

"Cada vez que somos chamados à seleção, para além de ser um orgulho, sabemos que temos de estar preparados para jogar e para não jogar, respeitando sempre as decisões do mister. Tenho a ambição de estar aqui o maior número de vezes possível. É assim que quero continuar, à procura do meu espaço e das oportunidades que me possam dar", começou por dizer Diogo Dalot, em conferência de imprensa.

O companheiro de equipa e de seleção de Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo admitiu que é um privilégio partilhar o balneário com "os melhores", nomeadamente com o capitão das 'quinas'.

"Quem o faz é um privilegiado. É tentar retirar o melhor possível da partilha do balneário com ele [Cristiano], um orgulho enorme partilhar o balneário com os melhores. A forma como se prepara e interage, dentro e fora do campo, confirmou-se quando cheguei à seleção", confessou.

Sobre o duplo compromisso internacional, Dalot alerta que "não vão ser jogos fáceis" e, apesar de um deles ser de caráter particular, é para "encarar de igual forma".

"Acho que é unânime que não vão ser jogos fáceis. A preparação é sempre feita da mesma maneira. Vamos ter dois jogos difíceis, temos de os encarar de igual forma, mesmo sendo um deles de preparação. Depois dos jogos, olharemos mais para a frente. Não adianta dizer que vai ser mais ou menos decisivo", concluiu.

A seleção portuguesa joga com o Qatar no sábado, às 20h15, em encontro particular, e três dias depois defronta o Luxemburgo, às 19:45, para o Grupo A de qualificação para o Mundial2022, sendo que ambas as partidas se realizam no Estádio Algarve.

Portugal lidera o Grupo A de qualificação para o Campeonato do Mundo do próximo ano, com 13 pontos, mais dois do que a Sérvia (11), segunda colocada, e mais sete face ao Luxemburgo (seis), que é terceiro, com menos um jogo, à frente de República da Irlanda (dois) e Azerbaijão (um).

A fase de grupos da qualificação europeia para o Mundial2022 termina em novembro e o vencedor de cada um dos 10 grupos apura-se diretamente para a fase final, enquanto os segundos classificados vão disputar os 'play-offs' de apuramento, aos quais se juntarão dois vencedores de grupos da Liga das Nações que não consigam qualificar-se diretamente para a fase final ou para os 'play-offs'.

Destas 12 equipas presentes nos 'play-offs', que serão disputados em março de 2022, sairão os últimos três representantes europeus no próximo Campeonato do Mundo, que vai decorrer no Qatar, entre 21 de novembro e 18 de dezembro de 2022.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de