Nuno Pinto anuncia "com enorme emoção" que linfoma "desapareceu"

Defesa do Vitória de Setúbal tinha sido diagnostica com um linfoma em dezembro.

Nuno Pinto, defesa do Vitória de Setúbal, revelou esta sexta-feira que o linfoma na região inguinal que lhe tinha sido diagnosticado no início de dezembro de 2018 "desapareceu", anunciou no seu perfil do Facebook.

O jogador, de 32 anos, que a 16 de dezembro tinha comunicado que iria interromper a sua carreira por tempo indeterminado, confessou estar emocionado com a notícia.

"É com enorme emoção, alegria que após cinco provas de fogo, a mais esperada notícia chegou. A batalha começou a ser derrotada. O Pet (exame de contraste) que fiz esta semana revelou que o linfoma desapareceu", escreveu.

Nuno Pinto adiantou ainda que os tratamentos que estão em curso no IPO de Lisboa vão prosseguir.

"Tenho que cumprir com a continuação dos tratamentos já agendados pelo IPO até ao fim (13 de junho). Contudo, cumprirei este protocolo ainda com mais contentamento", disse.

O lateral esquerdo do conjunto setubalense, que agradeceu ainda à sua mulher Cátia Pinto por estar sempre ao seu lado, mostrou-se confiante no seu regresso aos relvados.

"Brevemente voltarei a fazer o que mais gosto", conclui na mensagem deixada na rede social Facebook que é acompanhada por várias fotos suas durante os tratamentos

Natural de Vila Nova de Gaia, o defesa estreou-se pelo Boavista no escalão principal, em 2006/07. Também na I Liga, representou o Trofense e Nacional, antes de rumar ao Levski de Sofia (Bulgária), Tavriya (Ucrânia) e Astra Giurgiu (Roménia), clube que representou antes de chegar a Setúbal, em 2015/16.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados