Derrota de Portugal contra Espanha "não belisca em nada" percurso de Fernando Santos

O selecionador nacional relembra que tem contrato até 2024 e afirma que a equipa "vai jogar no Mundial com a mesma convicção que tinha antes desta derrota".

A seleção portuguesa está fora da final four da Liga das Nações após a derrota por 1-0 contra a Espanha, na terça-feira, no Estádio Municipal de Braga. Portugal precisava de empatar para conseguir um lugar na final a quatro da terceira edição da prova, mas falhou o objetivo. No final do jogo, o selecionador nacional garantiu que continua empenhado no cargo de selecionador e relembrou que tem contrato até 2024.

"Tenho contrato até 2024. Esta derrota não belisca em nada o meu percurso na seleção nacional", afirmou, recordando que "Cristiano Ronaldo teve três, quatro oportunidades, duas delas em que normalmente marca, mas não marcou. É o futebol".

Fernando Santos explicou ainda o que correu mal à seleção portuguesa, especialmente durante a segunda parte: "Nos primeiros 15 minutos da segunda parte, a equipa esteve muito bem, subiu no terreno, roubou a bola a Espanha e voltou a criar oportunidades. Depois disso, tivemos dificuldades. Começámos a recuar e tentei alterar isso com substituições, mas não aconteceu. Ficámos muito atrás e sofremos um golo. Se temos de defender, temos de defender com tudo."

"Acreditávamos e estávamos convictos de que íamos estar na fase final da Liga das Nações. Não estamos. Estamos tristes e temos de ver o que há para melhorar para estarmos no topo no Campeonato do Mundo", sustentou, sublinhando que "vamos jogar no Mundial com a mesma convicção que tínhamos antes desta derrota".

Desde o jogo da Sérvia [da fase de qualificação para o Mundial2022], esta equipa evoluiu muito. Alterámos muita coisa depois disso. Mas, temos sempre que melhorar e pensar como o podemos fazer", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de