Luiz Phellype entrou, marcou e garantiu vitória do Sporting frente ao Moreirense

Sporting conseguiu reaproximar-se do Famalicão.

Derrotado na jornada anterior no recinto do Gil Vicente, por 3-1, o Sporting, quarto posicionado, tentava regressar aos triunfos na receção ao Moreirense (11.º) e aproximar-se do Famalicão, surpreendente terceiro, que foi batido no sábado em casa pelo Tondela, por 3-2.

O jogo começou com os adeptos do Sporting a cantar o hino do clube à capella. Logo ao final do primeiro minuto da partida houve canto para os leões. Do lado do Moreirense, nos minutos iniciais, notou-se alguma incapacidade para atacar. Aos 5 minutos houve um grande passe para Bruno Fernandes, mas o capitão da equipa de Alvalade não conseguiu chegar à bola porque Luís Maximiano antecipou-se.

Um minuto depois, o mesmo Bruno Fernandes é travado em falta, a 35 metros da baliza. Na marcação desta bola parada, Mathieu atirou por cima da baliza da equipa de Moreira de Cónegos.

Antes do primeiro quarto de hora do jogo, aos 11 minutos, Mathieu solicitou a desmarcação de Borja, que foi à linha de fundo cruzar para o desvio certeiro de Bolasie. O golo foi festejado em Alvalade, mas acabou anulado pelo VAR pouco depois.

Perto da meia hora de jogo, aos 22 minutos, Luís Neto ficou caído no relvado. Os colegas de equipa, muito preocupados, pediram a rápida entrada da equipa médica. Coates saltou imediatamente para exercícios de aquecimento e o árbitro Artur Soares Dias pediu a entrada da maca.

Aos 29 minutos, Iago tirou o pão da boca de Bruno Fernandes na grande área do Moreirense. O capitão do Sporting acabou por cair e pedir grande penalidade, mas o árbitro nada assinalou. Um minuto depois surgiu uma grande oportunidade de golo para o Moreirense que estava, por esta altura, a viver a melhor fase do jogo até ao momento. Mathieu foi obrigado a fazer um corte providencial na área quando Pedro Nuno já estava à espreita, para encostar.

Aos 33 minutos, Bolasie caiu também na grande área do Moreirense e voltou a reclamar-se penálti em Alvalade por parte dos adeptos e jogadores do Sporting. Artur Soares Dias mandou jogar. Quatro minutos depois, Jesé tirou um adversário do caminho com um drible à entrada da área, mas não conseguiu bater o guarda-redes Mateus Pasinato.

Quase em ângulo, aos 39 minutos, Bruno Fernandes já dentro da grande área do Moreirense rematou ao lado. A dois minutos do intervalo, Jesé atirou à figura do guardião da baliza do Moreirense. Já no tempo de descontos, o capitão do Sporting teve mais uma oportunidade de marcar através de livre direto, mas a bola saiu por cima da baliza do Moreirense, rente à barra.

Na reta final da primeira parte, aos 50 minutos, Mathieu entrou de carrinho sobre Luís Machado e viu cartão amarelo. Pedro Nuno marcou o livre, a 31 metros da baliza. Na sequência deste lance, Luís Machado teve espaço para rematar dentro da grande área leonina, mas não era fácil e acabou por atirar ao lado.

No último lance do primeiro tempo, Bruno Fernandes marcou um livre com força, mas a bola saiu ao lado da baliza do Moreirense.

Dois minutos após o início da segunda parte, Bruno Fernandes sofreu falta quando se preparava para rematar, a 24 metros da baliza do Moreirense. Mathieu bateu o livre e acertou no poste da baliza de Mateus Pasinato.

Aos 63 minutos, Jesé foi substituído por Luiz Phellype, mas não gostou da troca e até empurrou a bandeirola de canto. O marcador foi inaugurado aos 70 minutos pelo mesmo Luiz Phellype. Na sequência de um cruzamento de Mathieu, ainda a alguns metros da área, o avançado brasileiro fez um excelente cabeceamento. Um gesto técnico perfeito que não deu hipóteses a Pasinato.

Iago foi expulso, depois de ver o segundo cartão vermelho, na sequência de uma falta sobre Bolasie. O jogo terminou com o Moreirense reduzido a dez jogadores e o Sporting a conseguir uma vitória importante na I Liga.

Onze inicial do Sporting: Luís Maximiano; Ristovski, Luís Neto, Mathieu e Borja; Bruno Fernandes, Doumbia e Wendel; Bolasie, Jesé e Vietto.

Onze inicial do Moreirense: Mateus Pasinato; João Aurélio, Iago, Steven Vitória, Abdu Conté; Fábio Pacheco, Filipe Soares, Pedro Nuno; Luther Singh, Luís Machado e Fábio Abreu.

Suplentes do Sporting: Renan, Coates, Eduardo, Camacho, Battagia, Rosier e Luiz Phellype.

Suplentes do Moreirense: Trigueira, D'Alberto, Nenê, Bilel, Mané, Halliche e Alex Soares.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de