FC Porto não segurou Braga europeu. Minhotos vencem e terminam no pódio

Sporting de Braga vence campeão nacional e garante fase de grupos da Liga Europa.

O campeão nacional deslocou-se ao Estádio Municipal de Braga para fechar as contas do campeonato. O FC Porto cumpriu apenas calendário, mas o Sporting de Braga ainda tinha objetivos por cumprir. Os minhotos venceram e aproveitaram a derrota do Sporting para assegurar o terceiro lugar.

Foi uma primeira parte forte dos dragões, o que contrastou com a passividade bracarense. O FC Porto entrou a todo o gás na partida, procurando o golo desde os primeiros segundos. Com cinco minutos de jogo, os jogadores do Sporting de Braga mal tinham tocado na bola.

Aos seis minutos, os festejos surgiram, mas depressa deram azo à preocupação. Uribe aproveitou o cruzamento de Corona e colocou a bola dentro da baliza. O colombiano estreou-se a marcar no campeonato, mas saiu lesionado após choque com Ricardo Esgaio.

Sérgio Oliveira entrou para o lugar do lesionado Uribe, que pode estar fora da final da Taça de Portugal.

A partir dos vinte minutos, a equipa comandada por Artur Jorge tentou equilibrar a partida mas os lances de maior destaque continuaram a pertencer ao FC Porto.

Perto da meia hora de jogo, Soares tentou fazer o segundo golo. O brasileiro rematou fora da área, mas Ricardo Horta deu o corpo às balas e desviou a bola da baliza bracarense.

O Braga respondeu, finalmente, à iniciativa portista. Os jogadores de Artur Jorge procuraram a zona de penálti para colocar a bola, mas a defesa do FC Porto afastou o perigo.

O primeiro cartão amarelo do jogo foi para João Palhinha. O médio do Sporting de Braga, em cima dos 45 minutos, travou um contra-ataque conduzido por Corona.

Jorge Sousa deu quatro minutos de compensação, e o FC Porto aproveitou para voltar a ameaçar a baliza defendida por Matheus. Após uma jogada de contra-ataque, Sérgio Oliveira cabeceou mesmo para o segundo, mas a equipa de arbitragem anulou o golo por fora-de-jogo de Soares.

As equipas regressaram aos balneários e os treinadores optaram por fazer alterações. Do lado do Braga, Artur Jorge tirou Pedro Amador e André Horta, e fez subir ao relvado Samuel e Fabiano. Já Sérgio Conceção resfriou o ataque, com a saída de Soares e a entrada de Zé Luís.

O jogador cabo-verdiano dos dragões só precisou de três minutos para ver o cartão amarelo. Zé Luís tentou o pontapé de bicicleta, mas acabou por acertar em Samuel.

Aos 53 minutos de jogo, os bracarenses aproveitaram um livre lateral para empatar a partida. A defesa portistas ainda desviou, mas Ricardo Hora, à entrada da área, rematou para o 1-1. A bola desviou em Zé Luís e enganou o guardião Diogo Costa.

O Sporting de Braga entrou disposto a reverter o resultado. Paulinho entrou na área e rematou para uma enorme defesa de Diogo Costa.

Aos 66 minutos, o Braga operou mesmo a reviravolta no marcador. Fransérgio atirou ao poste, mas a bola ainda sobrou para a turma bracarense. Trincão voltou a colocar em Fransérgio que rematou para o segundo golo minhoto.

O Sporting de Braga fica agora à espera do resultado do Sporting para saber se sobe ao terceiro lugar, com entrada direta para a Liga Europa.

Ricardo Horta perto de aumentar a vantagem. O médio, isolado na área portista, remata para uma grande defesa de pé esquerdo de Diogo Costa.

Os bracarenses apareceram na segunda parte com vontade de alterar o rumo do jogo. Depois de um primeiro tempo fraco, os jogadores minhotos estão agora por cima do jogo.

Sérgio Conceição aproveitou os últimos cinco minutos do tempo regulamentar para lançar dois jogadores no jogo. Saiu Corona e Otávio e entram Fábio Silva e João Mário. Também o Braga fez sair Fransérgio para a entrada de Raúl Silva.

O árbitro da partida deu quatro minutos de compensação, mas já não houve tempo para alterar o resultado. O Sporting de Braga termina o campeonato com uma vitória sobre o campeão nacional. O FC Porto despede-se da mesma forma como começou: com uma derrota.

Onze do FC Porto: Diogo Costa, Manafá, Pepe, Diogo Leite, Alex Telles, Danilo, Matheus Uribe, Corona, Otávio, Luis Díaz e Soares.

Onze do Sporting de Braga: Matheus, Esgaio, Bruno Wilson, David Carmo, Pedro Amador, André Horta, Palhinha, Fransérgio, Ricardo Horta, Paulinho e Trincão.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de