Silas mexeu, Vietto bisou e o Sporting venceu o dérbi

Jorge Silas prometeu surpreender a antiga equipa, mas foi o Belenenses SAD quem entrou melhor no jogo. Os azuis foram assustando os leões, mas nulo manteve-se até aos 74 minutos, altura em que Luciano Vietto abriu o caminho para a vitória leonina. Veja os golos.

Com Acunã e Mathieu ainda indisponíveis, havia curiosidade em Alvalade para saber se Silas iria manter o sistema, de três centrais, com que levou de vencida o Rosenborg.

O treinador leonino surpreendeu e deu a titularidade ao jovem Rodrigo Fernandes. Mas o Belenenses SAD deu o primeiro sinal de perigo aos cinco minutos de jogo, Licá rematou à entrada da área para defesa apertada de Renan. Nos cincos minutos iniciais os azuis a jogaram no meio-campo contrário e revelaram objetividade na procura da baliza contrária.

Aos 20 minutos os leões ainda não tinham encontrado o caminho para a baliza adversária e depois de um passe falhado de Ilori,ouviram-se os primeiros assobios em Alvalade. O Belenenses SAD ia-se instalando no meio-campo leonino.

Jesé, Rafael Camacho e Luiz Phellype saltaram para o aquecimento. Numa noite de chuva, houve meia casa em Alvalade, mas há meia hora de jogo o Sporting parecia ainda não ter entrado no jogo. As claques contestavam Frederico Varandas. e as bancadas dividiam-se, com muitos adeptos a assobiarem - uns as claques outros a direção.

Até que Rafael Camacho entrou para o lugar de Luís Neto, aos 32 minutos. Estva desfeita a tripla de centrais na defesa leonina. Os de Alvalade jogavam agora em 4X3X3, com Bolasie no centro do ataque, Vietto e Camacho nas alas.

O primeiro remate dos leões surgiu aos 35 minutos de jogo. Eduardo cabeceou, após canto da direita de Bruno Fernandes. André Moreira defendeu. O Sporting parecia reagir bem à alteração do dispositivo tático. Aos 40 minutos as redes abanaram em Alvalade. Bruno Fernandes rematou de longe, a bola saiu perto do poste esquerdo e ainda toca na rede lateral. Gritou-se golo nas bancadas.

As equipas foram para o intervalo com muitos assobios dos adeptos leoninos.

Para a 2.ª parte, Jorge Silas deixou Rodrigo Fernandes no balneário e fez entrar Doumbia. À passagem dos 53 minutos, Vietto começou a aquecer o pés. Remate do argentino após alívio da defesa do Belenenses, mas o disparo saiu fraco e ao lado. Minutos antes Rosier tinha atirado de fora da área, mas foi por cima.

Luciano Vietto também esteve na origem de um lance de perigo para o Belenenses SAD. O argentino precipitou-se a marcar um livre, a bola ficou para os azuis que lançaram o contra-ataque. Coates fez o corte, mas a bola fica para Milton, que remata para as mãos de Renan. Na resposta Bruno Fernandes cruzou da esquerda para Bolasie, que cabeceou fraco, a bola embateu em Milton e sobrou para André Moreira.

Vietto desmarcou o congolês Bolasie que cruzou para o segundo poste, onde Rafael Camacho apareceu atrasado e a bola sai pela linha de fundo.

O golo do Sporting, chegou aos 74 minutos, saído dos pés de Vietto. Bruno Fernandes cruzou da direita, Luiz Phellype rematou contra Tomás Ribeiro e ressaltou para Luciano Vietto. O argentino bateu forte e de forma acrobática para o fundo das redes azuis.

Doumbia entrou na área azul pela direita tocou curto para Bolasie que cruzou para a pequena área. André Moreira socou para a zona de penálti. Vietto fez o segundo. Os jogadores do Belenenses SAD reclamaram fora de jogo de Bolasie, mas o VAR validou o golo por cinco centímetros.

Poucos minutos volvidos, aos 84, o argentino teve nos pés o terceiro, mas valeu o corte de Tiago Esgaio já no interior da área. Já depois dos 90 minutos, Tomás Ribeiro evitou o terceiro golo de Vietto, depois deste ter passado por André Moreira. Foi o último lance da partida.

O Sporting está agora em 4.º lugar a 4 pontos do Famalicão.

Onze do Sporting: Renan, Rosier, Neto, Coates, Ilori, Borja, Rodrigo, Eduardo, Bruno Fernandes, Vietto e Bolasie.

Suplentes do Sporting: Luís Maximiano, Rafael Camcho, Ristovski, Jesé, Miguel Luís, Doumbia e Luiz Phellype.

Onze do Belenenses SAD: André Moreira, Nilton, Nuno Coelho, Tomás Ribeiro, Show, Tiago Esgaio, André Sousa, Benny, Silvestre Varela e Robinho e Licá.

Suplentes do Belenenses SAD: João Monteiro, Ouro-Sama, André Santos, Sithole, Kikas, Cassierra e Marco Matias.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados