FC Porto perde pontos em Vila do Conde e na luta pelo título

Os campeões nacionais empataram frente ao Rio Ave (2-2), depois de terem estado a vencer por 2-0. Com este resultado, os dragões podem ver o Benfica fugir. Veja os golos.

O FC Porto empatou esta sexta-feira (2-2) frente ao Rio Ave, na abertura da 31.ª jornada da I Liga. Os dragões estiveram a vencer por 2-0 na primeira parte mas no segundo tempo os vila-condenses empataram a partida, travando os azuis e brancos na luta pelo título. A equipa de Sérgio Conceição lidera a prova mas apenas com um ponto em relação ao Benfica, que joga no domingo em Braga.

Sérgio Conceição apostou em Pepe, no centro da defesa, colocando Militão na lateral-direita para mais um jogo importante, em Vila do Conde, para as aspirações portistas. Já na frente de ataque, o técnico azul e branco apostou em Corona, deixando no banco o avançado Soares.

O encontro começou repartido e, numa jogada de grande nível, Gabrielzinho conduziu a bola até à área e serviu Bruno Moreira, que desperdiçou uma boa oportunidade de colocar a equipa vila-condense em vantagem.

O jogo continuava repartido, com o FC Porto a várias vezes à área adversária e, num contra-ataque, os campeões nacionais inauguraram o marcador. Brahimi tabelou com Corona. Otávio recebeu a bola do lado direito, centrou para a cabeça do avançado argelino, esquecido na pequena área, que bateu sem qualquer oposição, Leo Jardim.

O Rio Ave sentiu o golo e, quatro minutos depois, sofreu o segundo do FC Porto. O lance nasceu de um lançamento lateral de Corona, que colocou a bola na área. Após um cabeamento da defensiva vila-condense, o esférico sobrou para Marega, que fuzilou sem oposição, Leo Jardim. A bola ainda desviou em Junio Rocha.

A segunda parte começou da mesma forma que o primeiro tempo: com uma oportunidade clara para o Rio Ave mas novamente desperdiçada por Bruno Moreira. Junio Rocha conseguiu ganhar a posição a Alex Telles e cruzou para a área. Bruno Moreira, sozinho e sem oposição, cabeceou por cima.

À medida que o relógio avançava, o FC Porto ia gerindo a vantagem confortável que serve para colocar pressão no Benfica. Brahimi e Marega eram as unidades mais perigosas do ataque portista. Mas o Rio Ave não desistia e tentava assustar os dragões. Foi isso que ocorreu ao minuto 71 quando Filipe Augusto, na meia-lua, desferiu um remate que só parou na barra da baliza de Casillas.

O guardião espanhol foi chamado a intervir a vários lances de perigo protagonizados pela equipa de Vila do Conde. Mas a sete minutos do tempo regulamentar, o Rio Ave conseguiu mesmo reduzir por intermédio de Nuno Santos. O jogador vila-condense soltou-se da marcação e, na cara de Casillas, picou a bola para o 1-2.

Em cima dos 90, o Rio Ave chegou mesmo ao empate. Ronan viu Casillas adiantado e picou a bola para o 2-2.

Veja os golos:

Ronan, 90'

Nuno Santos, 85'

Marega, 22'

Brahimi, 18'

Onze do FC Porto: Casillas; Militão, Pepe, Felipe e Telles; Otávio, Danilo e Herrera; Corona, Marega e Brahimi.

Suplentes: Vaná, Maxi, Bruno Costa, Óliver, Manafá, Mbemba e Soares.

Onze do Rio Ave: Leo Jardim; Junio Rocha, Rúben Semedo, Borevkovic e Afonso Figueiredo; Filipe Augusto e Tarantini; Nuno Santos, Gelson Dala e Gabrielzinho; Bruno Moreira.

Suplentes do Rio Ave: Paulo Vítor, Messias Jr., Matheus Reis, Jambor, Joca, Carlos Jr. e Ronan.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados