Benfica vence Paredes e segue em frente na Taça de Portugal com golo de Samaris

As águias venceram em Paredes, num jogo a contar para a Taça de Portugal. Veja o golo.

Um golo solitário do grego Samaris deu este sábado a vitória ao Benfica na visita ao Paredes, do Campeonato de Portugal, com os encarnados a avançarem para a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

Em Paredes, Samaris fez o único golo do encontro, aos 26 minutos, assegurando a qualificação do Benfica para a fase seguinte, na qual também já estão FC Porto e Sporting de Braga.

A quarta eliminatória da Taça de Portugal está agendada para o fim de semana de 12/13 de dezembro.

Chiquinho é travado em falta aos 3 minutos. O Benfica ganha um livre na zona frontal à baliza adversária, que pode causar algum perigo. O livre marcado por Pizzi foi estudado, mas Marcão cortou de cabeça.

Nestes primeiros dez minutos o Benfica ainda não conseguiu entrar na grande área do Paredes. Mas seis minutos depois o cenário muda. Pizzi combina com Gonçalo Ramos e o avançado formado no Benfica atirou ao lado. Lance mais perigoso do jogo agora com este tiro à malha lateral.

O Paredes atravessa um bom momento no seu campeonato, não sofrendo derrotas nos últimos três jogos. E, para já, vai resistindo ao gigante Benfica. Aos 26 minutos, Samaris inaugura o marcador, de cabeça, na sequência de um lance de bola parada.

A um minuto da meia hora de jogo sai o terceiro amarelo para o Paredes. Henrique derruba Cervi e trava contra-ataque. O primeiro pontapé de canto para a equipa da casa surge aos 45 minutos da primeira parte e não há tempo para mais. É intervalo! O árbitro Vítor Ferreira não dá qualquer minuto de compensação.

Recomeça o jogo em Paredes. Nos dois primeiros minutos desta segunda parte há confusão na área entre os centrais do Benfica, mas o guardião lançou-se e trancou o esférico. Helton Leite resolve.

Aos 57 minutos, o Benfica esteve muito perto do segundo golo. Ferro isola Cervi na esquerda, o argentino serve Gonçalo Ramos, mas o Paredes afasta a tempo. A primeira substituição do jogo surge um ano depois e é do lado do Paredes. Sai Nuno Martins e entra João Rafael.

Livre frontal para o Benfica, aos 67 minutos. Chiquinho foi derrubado por Marcão. Um minuto depois, mais duas substituições. Daniel dos Anjos entra para o lugar de Gonçalo Ramos e Tiago Araújo para o posto de Ferreyra. O Benfica, com o jogo controlado aos 83 minutos, vai trocando a bola com calma no meio campo adversário enquanto procura o segundo golo.

Aos 87 minutos, Ferro fez um passe de risco que podia ter isolado o adversário. O jogador do Paredes cai na entrada da área. Jardel usa o corpo para ganhar posição e o visitado pediu falta, mas o árbitro nada assinala. Uma situação que deixou Jorge Jesus desesperado.

Não há tempo para mais. Termina o jogo em Paredes e o Benfica confirma o apuramento.

Onze inicial do Benfica: Helton Leite, Gilberto, Ferro, Jardel e João Ferreira; Chiquinho Samaris, Pizzi e Cervi; Gonçalo Ramos e Ferreyra.

Onze inicial do Paredes: Marco Sousa, Meneses, Amadeu, Henrique, Bangoura, Tó Jorge, Ema, Marcão, Ismael, Madureira e Nuno Martins.

Suplentes no Benfica: Svilar, Morato, Kalaica, Vukotic, Paulo Bernardo e Daniel dos Anjos. Saíram Csoboth e Gerson da lista dos convocados.

Suplentes do Paredes: Ivan, Ginho, Drula, Tavares, Ferraz, Caleb e Gazela

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de