Sporting vence Paços de Ferreira e segue para próxima fase da Taça de Portugal

Leões recebem e vencem Paços com duas baixas. Está garantido um lugar na próxima fase da competição. Veja os golos.

O Sporting apurou-se esta sexta-feira para os oitavos de final da Taça de Portugal, ao vencer o Paços de Ferreira 3-0, em jogo dos 16 avos de final da prova, disputado no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

A equipa leonina resolveu cedo a partida, tendo chegado ao intervalo a vencer já por 2-0, depois dos golos de Tiago Tomás e Bruno Tabata, aos 26 e 44 minutos, respetivamente, tendo Palhinha, aos 64, ampliado a vantagem e sentenciado o encontro.

A próxima eliminatória da prova, que, além do Sporting, já conta com o Académico de Viseu, da II Liga, está agendada para 12 de janeiro de 2021.

Aos 11 minutos, o Sporting esteve perto de inaugurar o marcador com Porro, sozinho, a inventar um lance de perigo. João Mário está a ser condicionado por Luiz Carlos, no espaço central.

Aos 17 minutos, Porro faz falta sobre Eustáquio e o árbitro João Pinheiro adverte verbalmente o jogador do Sporting. O Paços de Ferreira tem sido inofensivo. Quatro minutos depois há falta. Porro vê o primeiro cartão amarelo da partida por falta sobre Bruno Costa. É livre para a equipa pacense. A bola vai para a grande área do Sporting, mas Adán agarra.

Antes da meia hora de golo, aos 26 minutos, Tiago Tomás, na cara de Jordi, faz o primeiro golo do jogo, de pé esquerdo. O Sporting, apesar de não ter muitas oportunidades, acabou por faturar.

Aos 35 minutos, Nuno Santos faz um cruzamento/remate, mas Jordi acaba por se deitar no relvado e conseguir intercetar a bola. Os leões têm sido mais fortes, mas não têm conseguido criar grandes oportunidades devido à boa organização do Paços de Ferreira.

Boa chance para Tabata, aos 40 minutos, mas o remate saiu muito por cima da baliza de Jordi. O Sporting vai trocando a bola sem grande intensidade, o Paços não pressiona muito. Quatro minutos depois, Tabata faz um golaço de pé esquerdo. É a estreia do brasileiro a marcar com a camisola do leão, assistido por Tiago Tomás.

Intervalo em Alvalade!

Recomeça o jogo, com o Sporting em vantagem por 2-0. Aos 50 minutos, Adán magoa-se após um choque com Tanque. Jogo interrompido. A equipa do Paços está mais atrevida nesta segunda parte, a pressionar muito.

Cinco minutos depois, canto batido do lado direito por João Amaral. Baixinho cabeceia, Adán soca a bola e afasta o perigo. Aos 57, Palhinha atinge Eustáquio. É livre para a equipa do Paços. Um minuto depois, Pepa volta a fazer duas alterações de uma só vez: Martín Calderón e Adriano Castanheira entram para os lugares de Luiz Carlos e João Amaral.

Volta a chover com muita intensidade em Alvalade. Aos 60 minutos, João Palhinha vê cartão amarelo. O Paços de Ferreira está completamente diferente da primeira parte, muito mais agressivo, mas ainda não foi capaz de criar uma única oportunidade de golo.

Aos 63 minutos, o Sporting ganha um livre próximo da grande área pacense, ligeiramente descaído para o lado direito. Nas alturas, aos 64 minutos, Palhinha leva a melhor sobre o adversário direto e, nas alturas, cabeceia para o fundo da baliza de Jordi.

Tanto o Paços como o Sporting voltam a mexer na equipa. Pepa esgota as substituições: o avançado João Pedro entra e sai Douglas Tanque. No Sporting, entra Antunes e sai Nuno Mendes. Aos 69 minutos, surge um cruzamento de Tiago Tomás, mas a excelente intervenção de Jordi impede que Nuno Santos desvie a bola para o fundo da baliza.

Aos 72 minutos, dupla alteração no Sporting: Matheus Nunes e Sporar entram para os lugares de Tabata e João Mário. O jogo já está resolvido em Alvalade. O Paços vai ficar pelo caminho na Taça de Portugal, somando a quarta derrota na temporada.

Cinco minutos depois, remate de Sporar, mas a bola passa por cima da barra da baliza de Jordi. Pepa não para de dar indicações à equipa apesar de o jogo já estar perto do fim e perdido. Aos 81 minutos, Adriano Castanheira vê cartão amarelo por puxar o adversário e impedir que chegue à bola.

Tiago Tomás, aos 83 minutos, estava isolado e tinha tudo para ampliar, mas Jordi apareceu no caminho da bola. O árbitro dá três minutos de compensação. Está quase a terminar o jogo em Alvalade. Aos 92 minutos, grande chance para Plata marcar, mas Jordi foi muito rápido a sair dos postes e impediu que este lhe fizesse um chapéu.

Acabou!

Onze do Sporting: Adán, Neto, Coates e Feddal; Porro, Palhinha, João Mário e Nuno Mendes; Tabata, Tiago Tomás e Nuno Santos.

Onze do Paços de Ferreira: Jordi, Fernando Fonseca, Baixinho, Marcelo e Oleg; Eustáquio, Bruno Costa e Luiz Carlos; Hélder Ferreira, João Amaral e Tanque.

Suplentes do Sporting: Luís Maximiano, Antunes, Gonçalo Inácio, Matheus Nunes, Daniel Bragança, Gonzalo Plata e Sporar.

Suplentes do Paços de Ferreira: José Oliveira, Maracás, Martín, Zé Uilton, Adriano Castanheira, Diaby e João Pedro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de