"É o novo futebol, Claudio"

José Mourinho e Gary Lineker mostram-se solidários com Claudio Ranieri, treinador que foi despedido do Leicester City esta quinta-feira.

O treinador português José Mourinho mostrou-se solidário com o "amico" Claudio Ranieri, treinador que foi despedido do Leicester City esta quinta-feira. Num post colocado no Instagram, o atual treinador do Manchester United relembra que Ranieri é campeão inglês e Treinador do Ano FIFA, reforçando que nada poderá apagar a história do que o italiano fez. "É o novo futebol, Claudio", acrescenta Mourinho.

Para Gary Lineker, um dos símbolos do futebol inglês, que representou o Leicester City durante sete temporadas, os donos do Leicester carregaram no "botão de pânico" ao despedir o treinador que os tornou campeões na última época. O antigo capitão da seleção inglesa diz ter dificuldades em compreender a saída de Ranieri.

"O que ele fez no ano passado foi extraordinário", disse Lineker à BBC.

"Acho que a falta de gratidão dos donos do clube ou de quem quer que esteja envolvido nesta decisão é inacreditável. Soltei uma lágrima esta noite. Pelo Claudio, pelo futebol e pelo meu clube. Para mim é inexplicável. De certa forma, pode ser explicado como uma decisão tomada em pânico, e para mim é uma decisão errada. É muito triste", acrescentou Lineker.

Para o antigo jogador, trocar de treinador não é garantia de nada. "É um bocado um mito dizer que o treinador que entra tem um impacto imediato", disse. "Acontece algumas vezes, mas as estatísticas sugerem que não altera grande coisa".

Também outros treinadores opinaram acerca do assunto nas conferências de imprensa de antevisão aos jogos do fim de semana. "Não mancha a história do Claudio, que vai ser sempre recordado pela conquista histórica, com todo o mérito" disse Eddie Howe, treinador do Bournemouth.

Depois de cinco derrotas consecutivas para a liga inglesa, os campeões ingleses em título estão apenas um ponto acima da zona de descida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de