Cristiano Ronaldo regressa ao Manchester United

O internacional português deixa os italianos da Juventus e regressa a Inglaterra.

Acabaram-se as dúvidas quanto ao futuro de Cristiano Ronaldo. O internacional português, de 36 anos, vai regressar ao Manchester United, anunciou o clube inglês, esta sexta-feira, nas redes sociais.

"O Manchester United está encantado por confirmar que o clube chegou a acordo com a Juventus para a transferência de Cristiano Ronaldo, sujeito a acordo com os termos pessoais, de visto e médicos", lê-se no comunicado dos red devils.

Frabrizio Romano, jornalista italiano especialista em transferências de futebol, já tinha afirmado no Twitter que o internacional português estava mais perto do Manchester United.

"Situação atual: proposta oficial feita à Juventus; Contrato oficial até 2023 enviado a Jorge Mendes; Papelada preparada brevemente; O Manchester City está fora da corrida. Trabalho em progresso", escreveu o jornalista antes da confirmação oficial.

Cristiano Ronaldo regressa assim ao clube que representou de 2003 a 2009 e que já tinha demonstrado estar na corrida pelo jogador.

"Sei que o Bruno [Fernandes] tem falado com ele. Sabe o que sentimos por ele e, se algum dia se afastar da Juventus, sabe que estamos aqui", disse esta sexta-feira o treinador dos 'reds', o norueguês Ole Gunnar Solskjaer.

Com a camisola dos red devils conquistou uma Liga dos Campeões, três campeonatos, um Mundial de Clubes, uma Taça de Inglaterra, duas Taças da Liga inglesa e uma Supertaça.

O português, que tinha chegado aos red devils proveniente do Sporting, rumou depois ao Real Madrid, clube no qual alinhou durante quase uma década, entre 2009 e 2018, alcançando quatro Champions, três Mundiais de Clubes, dois campeonatos, duas Taças do Rei, três Supertaças europeias e duas Supertaças de Espanha.

Ronaldo chegou a Turim na época de 2018/2019, proveniente do Real Madrid, e tinha contrato com a Juventus por mais uma temporada. Com a camisola dos italianos venceu dois campeonatos, uma Taça de Itália e duas Supertaças italianas.

No emblema de Old Trafford, ao serviço do qual Cristiano Ronaldo marcou 118 golos em 292 jogos, o avançado vai encontrar o internacional português Bruno Fernandes.

"Todos no clube esperam receber Cristiano de volta a Manchester", remata o comunicado do clube.

Ronaldo nasceu na Madeira, fez toda a sua formação em Lisboa, no Sporting, mas foi em Manchester e em Old Trafford, em 2003, no estádio que é apelidado de 'teatro dos sonhos', que o jogador luso começou a escrever a sua história, regressando agora com a bagagem cheia de títulos, recordes e também com um lugar reservado nos melhores de sempre.

Aos 36 anos, o avançado português vai voltar a vestir a camisola dos 'red devils' com as atenções viradas para a Premier League, prova que conquistou por três vezes na sua primeira passagem, e para a Liga dos Campeões, troféu que levantou com o Manchester United em 2007/08.

Desta vez, Ronaldo não vai encontrar no banco o escocês Alex Ferguson, treinador que, segundo o próprio jogador luso, teve uma grande importância no início da sua carreira, mas sim Ole Gunnar Solskjaer, técnico norueguês de 48 anos que se mantém no cargo há dois anos e meio, apesar da falta de títulos.

Antigos colegas no Real Madrid, Ronaldo vai reencontrar o central francês Varane e terá à sua espera outras grandes figuras do futebol atual, como David de Gea, Paul Pogba, Marcus Rashford e Edinson Cavani.

Em seis temporadas no Manchester United, entre 2003 e 2009, Ronaldo registou 118 golos em 292 jogos e, além da Premier League e da Champions, conquistou também o Mundial de clubes, uma Taça de Inglaterra e duas Taça das Liga de Inglaterra.

Quando chegou a Inglaterra, aos 17 anos, depois de ter 'maravilhado' Alex Ferguson e os responsáveis do Manchester United num particular entre o Sporting e o clube inglês, em Lisboa, que marcou a inauguração do novo Estádio José Alvalade, Ronaldo tinha apenas um Supertaça portuguesa no currículo.

O jogador madeirense chegou as escolas do Sporting com apenas 12 anos e fez toda a sua formação nos 'leões', mas acabou apenas por fazer apenas 31 jogos na equipa principal, registando cinco golos.

Já com um bom currículo, e com uma Bola de Ouro, conquistada em 2008, Ronaldo rumou em 2009 ao Real Madrid, clube em que começou a bater à porta do reino dos deuses do futebol e onde agora, passado uma década, tem um trono reservado para a eternidade.

Fora de Old Trafford, o avançado conquistou mais quatro Ligas dos Campeões, todas com o Real Madrid, e mais quatro Bolas de Ouro, também enquanto estava ao serviço do histórico emblema espanhol.

A nível internacional, Ronaldo sagrou-se campeão europeu com Portugal, em 2016, e ajudou a sua seleção a conquistar a primeira edição da Liga das Nações, em 2019.

Ronaldo volta a Manchester com 32 grandes títulos conquistados, mas talvez um sentimento de dever falhado na Juventus, já que não conseguiu levar a equipa de Turim à conquista da 'Champions', o seu grande objetivo quando se mudou para o futebol italiano.

São muitos os títulos, mas o avançado português regressa Old Trafford também cheio de recordes pessoais, sendo atualmente o melhor marcador de sempre da Liga dos Campeões, com 134 golos, e o jogador que mais golos marcou em fases finais de Europeus, com 14, entre outros.

Já ligado ao Manchester United, o próximo recorde a bater será ao serviço de Portugal e é o de melhor marcador de sempre de seleções nacionais. O avançado leva 109 e está igualado com iraniano Ali Daei, já reformado.

Tudo aponta que o regresso de Ronaldo aos relvados com a camisola dos 'red devils' será em 11 de setembro, perante o Newcastle, precisamente em Old Trafford.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de