"É uma pena tirá-lo da zona de golo." José Gomes elogia profissionalismo de Danny Loader

O treinador trabalhou com o avançado inglês no Reading.

Danny Loader foi a grande surpresa de Sérgio Conceição no onze portista da Supertaça Cândido de Oliveira, frente ao Tondela.

O treinador José Gomes, que trabalhou com o inglês no Reading, exalta o comprometimento do avançado. "Em primeiro lugar, é um profissional extraordinário. Muito focado, tem o futebol como prioridade de vida e realmente vive para o futebol", conta à TSF o atual treinador do Ponferradina.

Na equipa inglesa, onde fez a formação, Danny Loader estreou-se na equipa principal em 2018/2019. Na primeira temporada fez 21 jogos no Championship e marcou um golo. Na época seguinte fez apenas sete jogos, antes de se transferir para os dragões.

Mas, aos 18 anos, havia um aspeto principal que o avançado precisava de corrigir: "Tem uma capacidade de definir extraordinária, mas a forma como ele vive o problema da equipa, e refiro-me a questões técnicas e táticas, e percebendo que a equipa estava numa situação difícil no processo defensivo, ele baixava para ajudar a defender. Essas funções não lhe eram atribuídas, era mais forte do que ele. Ele sentia que a equipa precisava da ajuda e baixava para linhas que não devia."

Esse pormenor "retirava-o da zona do terreno em que ele é mais forte", afirma o técnico, acrescentado que "ele não consegue mostrar que é forte a definir para marcar golos, se estiver no meio-campo".

Para o bem do futuro de Danny Loader, José Gomes tem um pedido. "Quem trabalha com ele percebe que é uma pena tirá-lo da zona de golo, porque ele tem todas as potencialidades para o fazer bem", sugere.

E dá um exemplo: "Por exemplo, ao serviço do FC Porto, com o Co Adriaanse, o Lisandro López jogava a extremo. Era um avançado que jogava aberto e claro que estava muito mais longe da zona de golo. Não fez os golos que depois veio a fazer mais tarde, quando ficou no corredor central. Mas foi conquistando confiança e espaço para mais tarde jogar naquele que é o seu habitat natural."

Danny Loader mudou-se para os dragões em 2020, depois de terminar contrato com o Reading. Na primeira temporada, ao serviço da equipa B portista, o avançado marcou oito golos em 32 partidas. Na época passada, o inglês melhorou os números: 31 jogos e 14 golos na II Liga. Foi também o ano da estreia na equipa principal. Para a I Liga, fez seis minutos frente ao Boavista e marcou um golo. Jogou ainda 30 minutos frente ao Rio Ave, na Taça da Liga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de