Eriksen mantém-se "estável" e envia mensagem a colegas da Dinamarca

O médio do Inter de Milão enviou uma mensagem vídeo à equipa, pedindo-lhes que se concentrem nos jogos que faltam, com o guarda-redes Kasper Schmeichel a dizer que foi "lindo falar com Eriksen", após uma "situação desumana".

O futebolista dinamarquês Christian Eriksen, vítima de um súbito problema cardíaco no sábado, durante o jogo do Euro2020 com a Finlândia, mantém-se hospitalizado, em situação clínica "estável", informou esta segunda-feira a federação dinamarquesa.

"O Christian permanece na mesma condição, estável, bem. Continuam a fazer-lhe exames, sem nenhuma alteração", explicou o chefe de comunicação da Federação Dinamarquesa de Futebol (DBU), Jakob Hoyer, em conferência de imprensa.

O jogador está hospitalizado desde sábado após o que o companheiro Martin Braithwaite classificou hoje de incidente "horrível", que o deixou abalado, tal como à restante equipa.

Segundo o avançado do FC Barcelona, o médio do Inter de Milão enviou uma mensagem vídeo à equipa, pedindo-lhes que se concentrem nos jogos que faltam, com o guarda-redes Kasper Schmeichel a dizer que foi "lindo falar com Eriksen", após uma "situação desumana".

Os dois jogadores criticaram ainda a UEFA por não ter permitido outra possibilidade que não a de reatar a partida no mesmo dia, ou no domingo, pois, como defendeu Braithwaite, "não era o momento para jogar futebol".

"Puseram-nos numa posição em que sinto que não nos deveriam ter colocado. Exigia que alguém mais acima dissesse que não era o momento de tomar decisões", admitiu Schmeichel.

O encontro de sábado entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B, foi interrompido ao minuto 43, depois de Eriksen ter caído inanimado do relvado, sendo depois retomado mais tarde, com vitória finlandesa por 1-0.

O jogador recebeu assistência médica no relvado, tendo mesmo sido reanimado, com o atleta a recuperar a consciência e a ser transportado para o hospital.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de