"Estão a querer matar o futebol." Pinto da Costa volta a criticar Governo

Presidente do FC Porto não compreende a proibição de público nos estádios de futebol.

Pinto da Costa continua a criticar as medidas de confinamento para os estádios de futebol. O presidente do FC Porto deixou este sábado um aviso ao Governo e lembra a António Costa um tema de Mário Soares.

"Estão a querer matar o futebol, estão a querer matar clubes como este, que luta para singrar e é triste, ridículo e estúpido que hoje não possa estar aqui público e ainda ontem tenha havido, no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, um espetáculo em que permitiram que tivesse 40% do público. É lamentável e é realmente uma má vontade. Querem ferir o futebol e estes responsáveis vão ficar na história de Portugal como as pessoas que vão matar o futebol, infelizmente não vão matar só os restaurantes. Não se esqueçam de que o grande homem do partido de que são representantes, o doutor Mário Soares, disse que o povo tinha direito à indignação", explicou Pinto da Costa, em declarações à SportTV.

O presidente do FC Porto não compreende a proibição de público nos estádios de futebol em mais um dia em que continuam a aumentar os casos de Covid-19 em Portugal. Houve um aumento de 2,5% num dia e este sábado são mais 6472 casos e 62 mortos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de