Europeus de atletismo. Ana Cabecinha em oitavo nos 20 quilómetros marcha

Alentejana integrou um grupo de sete atletas que cedo se destacou na corrida sob chuva persistente.

Ana Cabecinha chegou a sonhar com as medalhas nos 20 km marcha dos Europeus de Munique, contudo no último terço da prova essa esperança ruiu e a portuguesa, que ainda sofreu uma penalização, terminaria em oitavo.

A alentejana, de 38 anos, integrou um grupo de sete atletas que cedo se destacou na corrida sob chuva persistente, fazendo mesmo boa parte do trabalho na liderança, esforço que viria a pagar sensivelmente à hora de prova, quando começou a perder contacto com um trio mais consistente.

A grega Antigoni Ntrismpioti, a polaca Katarzyna Zdzielblo e a alemã Saskia Feige começaram a destacar-se das restantes até que, por volta dos 17 quilómetros, a helénica atacou e ganhou vantagem decisiva, juntando assim este ouro ao que conquistou, categoricamente, na prova dos 35 quilómetros.

Cabecinha ainda beneficiou da desqualificação de uma rival ucraniana, mas, quando o quinto lugar parecia uma realidade, também ela seria obrigada a uma paragem a dois quilómetros do fim - aos 18 quilómetros seguia a 33 segundos da primeira e um quilómetro depois a 2.41 -, que sentenciou definitivamente o seu desempenho, concluído em 1:31.56 horas, a 2.53 minutos do ouro.

Ntrismpioti impôs-se em 1:29.03 horas, com recorde pessoal, batendo Zdzielblo por 17 segundos e Feige por 22. Numa prova em que terminaram apenas 20 das 24 inscritas à partida, Carolina Costa foi 14.ª, a 6.33 minutos da vencedora, com recorde pessoal de 1:35.36, enquanto Joana Pontes foi desqualificada.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até domingo e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.

Portugal soma já cinco medalhas, designadamente duas de ouro, através de Pedro Pablo Pichardo, no triplo salto, e de Iúri Leitão, no scratch do ciclismo de pista, uma de prata, por Auriol Dongmo, no lançamento do peso, e uma de bronze do canoísta Fernando Pimenta, no K1 500.

Na paracanoagem, Norberto Mourão garantiu o bronze na classe VL2.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de