Everton falha subida ao pódio ao perder com golo de ex-sportinguista Raphinha

Manchester City venceu antes de viajar para Portugal. O campeão Liverpool sofreu o empate nos minutos finais.

O Everton falhou a subida ao terceiro lugar da Liga inglesa de futebol, ao perder por 1-0 na receção ao Leeds, em jogo da 10.ª jornada, no qual o extremo brasileiro Raphinha fez a diferença.

O antigo jogador de Sporting e Vitória de Guimarães estreou-se a marcar pelo Leeds, aos 79 minutos, e anotou o único tento de uma partida que poderia ter tido um resultado bastante mais 'colorido', não fossem os três golos anulados (dois para os 'toffees' e um para os 'whites'), além das sucessivas e decisivas intervenções dos dois guarda-redes.

Os internacionais portugueses André Gomes (Everton) e Hélder Costa (Leeds) iniciaram a partida nos bancos de suplentes, sendo que o primeiro foi lançado para os 25 minutos finais e o segundo entrou aos 89.

Depois de um arranque de temporada em que chegou a liderar a 'Premier League', o Everton mantém-se no sexto posto, com 16 pontos, tendo somado a quarta derrota nos últimos cinco jogos. Já o Leeds, que não vencia há três partidas, subiu ao 11.º lugar, com 14.

A três dias da visita ao FC Porto, para a quinta jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, o Manchester City voltou às vitórias na Liga inglesa, ao golear por 5-0 o Burnley, com um 'hat-trick' do argelino Riyad Mahrez, aos seis, 22 e 69 minutos, e golos do francês Benjamin Mendy, aos 41, e do espanhol Ferran Torres, aos 67.

Após dois jogos sem vencer na prova, o City, que contou com o central português Rúben Dias no 'onze', deu um 'salto' considerável na tabela, ainda assim ocupando um modesto oitavo lugar, com 15 pontos, embora tenha um jogo em atraso.

No jogo que abriu a ronda, o Liverpool concedeu um golo aos 90+3 minutos e deixou-se empatar (1-1) na visita ao Brighton, depois de o internacional português Diogo Jota ter colocado os 'reds' em vantagem, aos 60, anotando o quinto golo na 'Premier League' e o nono na temporada.

O golo de Sadio Mané, que sentenciaria o triunfo dos campeões ingleses, aos 84 minutos, acabou por ser invalidado, por posição irregular do senegalês, situação que acabou por ser capitalizada pelos 'seagulls', em tempo de compensação, quando o alemão Pascal Gross converteu uma grande penalidade cometida por Andy Robertson sobre Danny Welbeck.

Com este empate, o Liverpool isolou-se provisoriamente na liderança, com 21 pontos, mas corre o risco de ser ultrapassado, caso o Tottenham (20), de José Mourinho, vença na visita ao Chelsea (18), no domingo. Já o Brighton segue na 16.ª posição, com 10 pontos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de