Fabiano Freitas: "Nunca quis sair do FC Porto"

Depois de duas épocas como titular no FC Porto, Fabiano Freitas foi cedido ao Fenerbahçe após a chegada de Iker Casillas. O guarda-redes brasileiro revela que saiu contrariado do clube azul e branco.

"Não fui eu que pedi para ser emprestado", começa por dizer Fabiano. "Em momento algum quis sair do FC Porto".

O guarda-redes de 28 anos garante que não guarda mágoas nem ressentimentos mas acha que, se tivesse ficado no Dragão, podia ajudar a equipa.

"Eu confio no meu trabalho. Acho que se analisarem os meus números nas outras épocas em que estive aqui concluem que são bons números". Em dois anos Fabiano Freitas foi titular em 59 jogos do FC Porto e sofreu 44 golos nessas partidas. "Tivemos várias sequências sem sofrer golos, chegámos a ser a defesa menos batida da Europa e eu acho que dei a minha contribuição".

Fabiano Freitas não quer utilizar a palavra injustiça para definir a sua saída do Porto "para não criticar as outras pessoas, mas não fiquei feliz pela forma como se desenrolou o final da época passada mas não guardo mágoa nenhuma".

Fabiano Freitas não exclui o regresso ao Porto uma vez que tem contrato com o clube até 2019. No final desta época, o guarda-redes faz escala no Porto na viagem entre Istambul e as férias no Brasil, para acertar com os dragões o seu futuro.

Pinto da Costa abriu as portas à renovação do contrato de Casillas o que poderá dificultar o regresso de Fabiano ao Porto. "Isso não depende de mim, não sou eu que decido. Respeito muito o presidente, todos sabem que é uma pessoa excecional, um grande profissional e a mim só me resta continuar a trabalhar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de