Dragão manda em Leiria. FC Porto vence Académico de Viseu e está na final da Taça da Liga

Eustáquio, Namaso e Bernardo Folha fizeram os golos. Veja os lances.

O FC Porto venceu o Académico de Viseu por 3-0 e garantiu o bilhete para a final da Taça da Liga.

Os dragões juntam-se ao Sporting na final que está marcada para sábado, graças aos golos de Eustáquio, Namaso e Bernardo Folha.

Os dragões entram a todo o gás e ainda dentro do primeiro minuto teve a primeira oportunidade. Eustáquio fez um passe em profundidade para Pepê e o brasileiro assistiu Namaso para um remate defendido por Gril.

O FC Porto chegou mesmo ao golo aos oito minutos. Otávio descobre João Mário na direita, o português dá continuidade ao bom momento ao tirar um defesa da frente e fazer o cruzamento para a cabeça de Veron. No entanto, a bola não chegou à baliza, porque ficou presa nos pés de Eustáquio, que praticamente entrou com a bola na baliza viseense.

Os azuis e brancos mantinham a pressão e Pepê ganhou uma bola em zona subida, mas o remate saiu desviado para canto. Na bola parada, Pepe corresponde a um cruzamento com um cabeceamento ao poste.

A primeira chegada do Académico de Viseu, muito apoiado nas bancadas, apareceu apenas aos 20 minutos. Quizera pegou na bola na direita, tirou Wendell do caminho e efetuou um cruzamento perigoso, cortado pelos centrais portistas.

A equipa da II Liga libertou-se das amarras À boleia de Quizera que, minutos depois, rematou de fora da área e a bola passou perto da baliza defendida por Cláudio Ramos.

Depois de uma fase em que o Académico tentou subir no terreno e chegar à baliza do FC Porto, os dragões voltaram a criar perigo. Num ataque rápido, Otávio mete a bola na área e, depois de vários ressaltos, Veron remata ligeiramente ao lado.

O árbitro apitou para o final de uma primeira parte que pelos primeiros 15 minutos antecipou um jogo fácil para o FC Porto, mas a resposta do Académico de Viseu pôs os dragões em sentido. Ao intervalo, a equipa da I Liga vence por 1-0.

Os dragões entraram no segundo tempo como no primeiro. Namaso ganhou em velocidade à defesa do Académico e serviu Otávio para o remate, mas a bola esbarrou em André Almeida.

O Académico de Viseu ainda pressionou, mas foi o FC Porto a aumentar a vantagem. Numa jogada de insistências dos dragões, João Mário recebe a bola em zona central e isola Namaso para o 2-0.

A equipa portuense continuava a ser a mais perigosa. Já dentro dos 15 minutos finais, Galeno isola-se, mas, na cara de Gril, remata ao lado. E o terceiro chegou logo a seguir.

Excelente jogada de envolvimento pela direita e Otávio descobre Bernardo Folha, que tinha entrado no decorrer da segunda parte, e o jovem remata para defesa de Gril. Mas, num ressalto, a bola volta a bater nele e entra na baliza viseense. Estreia a marcar do jovem médio portista.

Pouco depois o árbitro apitou para o final da partida. Com esta vitória, o FC Porto marca encontro com o Sporting no sábado para discutir quem vence a Taça da Liga.

Onze do FC Porto: Cláudio Ramos, João Mário, Pepe, Marcano, Wendell, Uribe, Eustáquio, Pepê, Otávio, Namaso e Veron.

Onze do Académico de Viseu: Gril, Bandeira, André Almeida, Arthur Chaves, Milioransa, Messeguem, Nduwarugira, Toro, Quizera, Ott e André Clovis.

Suplentes do FC Porto: Diogo Costa, Fábio Cardoso, Taremi, Zaidu, Galeno, Rodrigo Conceição, Toni Martínez, Gonçalo Borges e Bernardo Folha.

Suplentes do Académico de Viseu: Mbaye, Ícaro, Yuri Araújo, Ramírez, Capela, Mesquita, Labila, Silva e Pana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de