FC Porto diz que e-toupeira está "com banco dos réus desfalcado"

Clube azul e branco também já reagiu ao facto de a SAD do Benfica não ir a julgamento no caso e-toupeira.

O FC Porto reagiu através de um comunicado, esta quarta-feira, ao facto de o Tribunal da Relação de Lisboa ter deixado a SAD do Benfica fora do julgamento no processo e-toupeira. Na opinião do clube azul e branco, o caso vai a julgamento com o banco dos réus desfalcado.

"A FC Porto SAD constata que o processo e-toupeira vai chegar a julgamento com o banco dos réus desfalcado do elemento a quem aproveitou o crime, no plano desportivo. Esta constatação deriva de interpretações divergentes não sobre os factos reais mas sim sobre a natureza e grandeza das provas que tornassem inequívocas as relações entre mandatos e mandantes, sendo certo que partilhavam o mesmo corredor no Estádio da Luz", pode ler-se no comunicado do FC Porto.

No final, a FC Porto SAD sublinha que continua "a acreditar que será possível que a verdade desportiva venha a triunfar".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados