FC Porto diz que Liga deu razão a Conceição ao interditar estádio do Marítimo

O estádio do Marítimo foi interditado pela Liga de clubes, devido ao mau estado do relvado, criticado pelo treinador do FC Porto.

O FC Porto considerou esta segunda-feira que a Liga de clubes confirmou hoje que o relvado do recinto do Marítimo não cumpria os requisitos mínimos para a realização de um encontro de uma competição profissional de futebol.

"A Liga confirmou hoje o que qualquer pessoa com uma visão razoável constata e que foi assinalado ontem por Sérgio Conceição: o relvado do Marítimo no jogo de ontem [domingo] estava uma vergonha e não cumpre os requisitos mínimos para a realização de um jogo de uma competição profissional", lê-se numa mensagem publicada na conta no Twitter do departamento de comunicação dos 'dragões'.

O estádio do Marítimo foi hoje interditado pela Liga de clubes, devido ao mau estado do relvado, criticado pelo treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, após o empate de domingo com o Marítimo (1-1), na terceira jornada da I Liga.

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, acusou o FC Porto e o seu treinador de "não saber perder pontos", deixando várias críticas ao técnico dos 'dragões'.

"Perante estas evidências, o presidente do Marítimo desferiu hoje um ataque incompreensível e inaceitável ao treinador do FC Porto, procurando feri-lo na sua inatacável dignidade humana e profissional", escreveram os 'dragões'.

Os 'azuis e brancos' consideraram que Sérgio Conceição "é um dos melhores do mundo no seu papel, o outro [Carlos Pereira] é uma triste figura que não consegue dignificar um clube respeitável".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de