FC Porto puxa dos galões e goleia Benfica no nacional de andebol

Com este resultado os dragões mantêm a liderança.

O FC Porto manteve-se esta quarta-feira 100% vitorioso no campeonato nacional de andebol, ao ganhar ao Benfica por 33-23, na Luz, num embate da 11.ª jornada em que os dragões chegaram a ter uma vantagem de 12 golos.

Com este resultado, o FC Porto mantém a liderança, dividida com o Sporting, que venceu o Sporting da Horta (34-19), com 33 pontos. Já o Benfica, soma 29 e mantém o terceiro lugar. A ostentar as insígnias de campeão nacional, o FC Porto superiorizou-se aos encarnados desde os minutos iniciais. Aliás, pode mesmo dizer-se que o Benfica praticamente não existiu na primeira parte, dado que demorou 23 minutos a chegar aos 10 golos, numa altura em que os azuis e brancos já levavam 16.

Os comandados de Magnus Andersson estiveram muito bem defensivamente, com grande mobilidade, atacando não só o portador da bola, como a quem aparecia para tentar romper esta linha. Mas, se na defesa estiveram esplêndidos, no ataque estiveram ainda melhor. Quando não conseguiam chegar ao golo junto da área do Benfica, faziam-no de meia distância, com André Gomes e Rui Silva a terem esse papel decisivo.

O treinador Carlos Resende tudo fez para contrariar a força do FC Porto, rodou a equipa, trocou de guarda-redes, mas tudo isso acabou por ser infrutífero já que ao intervalo tinha uma desvantagem de sete golos (11-18).

De notar que, por duas vezes, o Benfica falhou golos de baliza aberta, quando os campeões nacionais jogavam em 7x0 (sem guarda-redes). Apesar da lesão de António Areia, aos 28 minutos, os dragões não só não desviaram o foco, como não tiraram o pé do acelerador, chegando mesmo a ter 12 golos de vantagem (27-15).

Carlos Resende bem podia pedir tempos técnicos que a noite era do FC Porto. O melhor que conseguiu foi reduzir a diferença para ainda assim imensos 10 golos (23-33).

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados