Fernando Santos sobre substituição de Ronaldo: "Claro que entendeu, porque não havia de entender?"

O técnico da seleção nacional explicou que "o jogador sul-coreano foi agressivo" no momento da saída do capitão português.

O treinador de Portugal, Fernando Santos, esclareceu, esta sexta-feira, a polémica em relação à saída de Cristiano Ronaldo no minuto 65 do encontro que terminou com a derrota da equipa das quinas frente à Coreia do Sul por 2-1. Para o técnico português, não há "mínimas dúvidas" que o número sete luso "respondeu a um jogador coreano" que lhe pedia repetidamente para sair do jogo.

"O jogador sul-coreano foi agressivo na conversa, estava a dizer ao Cristiano [Ronaldo] para sair e se ir embora e ele respondeu 'deves estar com pressa que eu saia'", contou Fernando Santos, na conferência de imprensa após o encontro da terceira jornada do Grupo H.

Questionado sobre se o capitão português entendeu o motivo pelo qual teve de sair, o técnico da seleção nacional disse: "Claro que entendeu, porque não havia de entender?".

Portugal conquistou esta sexta-feira o Grupo H do Mundial de futebol de 2022, apesar de perder por 2-1 com a Coreia do Sul, de Paulo Bento, que se qualificou para os 'oitavos', eliminando Uruguai e Gana.

A formação lusa, que já estava apurada, adiantou-se aos cinco minutos, por Ricardo Horta, mas, aos 27, Kim Young-Won empatou, depois de uma assistência involuntária de Cristiano Ronaldo, e, aos 90+1, Hwang Hee-chan selou a reviravolta.

Os sul-coreanos saltaram, assim, para o segundo lugar, beneficiando do triunfo por 2-0 do Uruguai sobre o Gana, selado por um 'bis' de Giorgian De Arrascaeta, aos 26 e 32 minutos.

Na classificação, Portugal somou seis pontos, contra quatro da Coreia do Sul e do Uruguai, com vantagem dos asiáticos nos golos marcados (4-4 contra 2-2), e três do Gana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de