Guardiola promete apresentar a "melhor equipa possível" frente ao Sporting

Técnico espanhol considerou que o resultado da primeira mão não "demonstra a diferença real entre as duas equipas".

O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, afirmou esta terça-feira que a eliminatória com o Sporting, dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, "não está decidida" e garantiu que vai apresentar "a melhor equipa possível".

"Conseguimos um resultado incrível na primeira mão. Começamos o jogo de amanhã [quarta-feira] com uma vantagem de cinco golos, mas no futebol tudo pode acontecer. Nada está decidido. Há dias maus, há cartões vermelhos, tudo é possível. Vamos apresentar a melhor equipa possível", afirmou Pep Guardiola, na conferência de imprensa de antevisão do duelo com o Sporting.

O técnico espanhol considerou que o resultado da primeira mão (5-0) não "demonstra a diferença real entre as duas equipas" e enalteceu a qualidade do emblema 'leonino' e do técnico Rúben Amorim.

"Os jogadores do Sporting vão querer jogar bem, vão querer deixar uma boa imagem e temos que estar preparados. Não podemos fazer coisas estúpidas e criar problemas para nós. É um clube que se meteu na luta entre Benfica e FC Porto em Portugal. Tem um excelente treinador e tenho muito respeito pelo trabalho que estão a fazer", disse.

Pep Guardiola, que está a cumprir a sexta temporada nos 'citizens', revelou que tem apenas três defesas disponíveis para o duelo com o Sporting e admitiu poupar o médio belga Kevin de Bruyne, que está em risco de castigo.

O treinador de 51 anos abordou ainda a situação de Oleksandr Zinchenko e garantiu que o médio está preparado para jogar, apesar do período difícil que está a viver com a invasão da Rússia à Ucrânia.

"Não é um período fácil para ele. Nada fácil mesmo. Mas, está pronto a jogar", disse Guardiola, acrescentado que o jogador ucraniano poderá mesmo ser titular frente ao Sporting.

Na mesma conferência de imprensa, o guarda-redes Ederson, titular da baliza do Manchester City nas últimas quatro temporadas e meia, disse que está "mais experiente e maduro" desde que trocou o Benfica pelo emblema inglês.

"Fui uma vez expulso contra o Sporting. Penso que foi num jogo da Taça de Portugal. Perdemos e fui expulso por palavras ao árbitro. Estava no banco de suplentes. Era novo e esse episódio serviu-me de lição", recordou o guardião de 28 anos.

O internacional brasileiro assumiu o objetivo que conquistar esta temporada tanto a Premier League como a Liga dos Campeões, apesar do cansaço físico e mentalidade que as duas competições têm no plantel.

"Sabemos que são competições muito difíceis que exigem muito do plantel. Na temporada passada, tivemos a oportunidade, mas perdemos na final [da 'Champions']. Cada jogo tem seus próprios desafios e temos que levar as coisas passo a passo para alcançar grandes coisas no futuro", referiu Ederson, que em Portugal também representou o Rio Ave e o GD Ribeirão.

Na primeira mão, no Estádio José Alvalade, o argelino Riyad Mahrez (07 minutos), o português Bernardo Silva (17 e 44), e os ingleses Phil Foden (32) e Raheem Sterling (58) construíram a goleada dos campeões ingleses.

O encontro está agendado para as 20:00 e será arbitrado pelo turco Halil Umut Meler.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de