Hugo Almeida teve propostas da I Liga mas família fê-lo optar pela Académica

A proximidade de casa pesou na escolha de Hugo Almeida quando decidiu assinar pela Académica.

O futebolista internacional português Hugo Almeida, de 34 anos, disse esta quinta-feira que recebeu propostas de clubes portugueses da I Liga e do estrangeiro, mas que preferiu a Académica, da II Liga, para estar perto de casa."Quis voltar a Portugal e a Académica é um clube histórico, apesar de estar na II liga, que me permite estar em casa, perto da família e dos meus filhos", frisou o avançado, em conferência de imprensa.

Depois de 12 anos na Europa, com passagens por clubes como o Werder Bremen, Besiktas, AEK Atenas e Hajduk Split, entre outros, Hugo Almeida manifestou-se "muito feliz" por ingressar na "Briosa", com a qual rubricou um contrato de dois anos.

Sem revelar o nome dos clubes interessados, o avançado natural da Figueira da Foz disse que teve propostas "muito tentadoras, no estrangeiro e na I Liga portuguesa", mas reiterou que preferiu dar prioridade à proximidade com a família.

A sua apresentação, na segunda-feira à noite, constituiu a grande surpresa da pré-época.

"Tinha intenção de regressar [a Portugal] e sinto-me bastante bem na Académica. Quero dar o meu contributo para recolocar a Académica na I Liga, que é a grande ambição e o nosso objetivo", sublinhou o ex-jogador dos croatas do Hajduk Split.

O antigo jogador do FC Porto, que na seleção portuguesa conta com 57 disputados e 19 golos marcados, encontra-se a efetuar treinos específicos depois de uma paragem de dois meses e ainda não foi opção nos jogos de preparação dos 'estudantes'.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de